EP 71 Exclusivo: Ricardo quer que Yara pague o resgate

Na cena do dia de hoje, Ricardo diz a Yara que ela está a por a vida de Marta em risco. Enquanto isso, Adelaide é alvo de perguntas por parte da polícia.

Sex, 9 dez 2016 21:40 TVI

Neste episódio

Yara e Ricardo não acreditam que Carlos possa ter uma relação com Marta. Furiosa, Yara acusa Carlos de poder ser o responsável pelo rapto da filha. Carlos diz a Yara e Ricardo que seria incapaz de fazer mal a Marta, pois gosta muito dela. Carlos sugere que confirmem a história com o pai dele.

Jacinto, de sorriso na cara, pede afável a Jaiminho que vá andando com Joaquim para casa. Depois, agarra Lucrécia pelos pulsos, ameaçador. Lucrécia discute com Jacinto e diz que ele nunca lhe deu descanso e sempre se babou para cima dela, ameaçando contar à filha dele a verdade.

Jacinto discute com Joaquim António e este confronta-o com as acusações de Lucrécia e pergunta-lhe se ele voltou a beber. Jacinto nega. Os dois disfarçam porque Jaiminho entra. Quando fica a sós, Jacinto olha com um ar perigoso para as chaves que roubou.

Assunção aparece em casa de Rodrigo, que fica contrariado quando a vê, dizendo que é melhor ela voltar por onde veio. Assunção argumenta que tem uma proposta irrecusável para lhe fazer.

Carolina prepara-se para viajar para Lisboa, quando Guta chega com Lázaro. Carolina é malcriada com Lázaro, mas Guta dá a mão ao namorado e diz que ele veio com ela, anunciando que vão ter o bebé. Guta faz frente à mãe e diz que não precisa do dinheiro da família para nada. Guta e Lázaro olham aflitos para Pureza a dizer, ameaçadora, que Lázaro irá parar à prisão se insistirem naquilo.

Rodrigo aceita a proposta de Assunção, pois parece-lhe impossível recusar naquelas condições. Assunção pede a Rodrigo que vá ao leilão que está a organizar nessa noite, pois quer oferecer-lhe algumas peças para decorar o hotel, como prova de boa vontade.

Yara fica incomodada por Samuel admitir que Adelaide passou a noite com ele em sua casa. Ricardo apercebe-se do incómodo de Yara.

Beatriz fica de coração partido por Dinis lhe contar que Lázaro reconciliou-se com Guta e vão ter o bebé. Beatriz expulsa-o do quarto e destrói a caricatura dela que Lázaro tinha feito.

Adelaide contradiz-se e diz que Marta não a deixou à porta de casa mas perto de casa. Fica nervosa quando todos se lembram que o carro de Marta tem GPS e pode ser localizado. Yara segue ordens do investigador e pede ao raptor que a deixe falar com Marta, mas é impulsiva no telefonema. Ouve-se um tiro.

Todos permanecem estáticos, em choque, com a possibilidade de Marta ter morrido. Fora de si, Ricardo parte para cima de Yara. O investigador tem que os separar. Carlos chora e suplica que Marta diga qualquer coisa. Marta lá fala, pedindo ajuda. O raptor diz a Yara que se volta a enganá-lo recebe a cabeça da filha. Marta encara os raptores com ódio. Um dos raptores reage e começa a tocar-lhe, lascivo, mas ela dá-lhe uma joelhada entre as pernas.

Guigui fica atónita ao ver chegar ao leilão em sua casa o banqueiro responsável pela sua ruína. Rodrigo ouve a conversa de Guigui com o homem e mete conversa com ele… Guigui olha abalada para o banqueiro a arrematar uma das suas peças. Rodrigo apercebe-se e começa a licitar, obrigando o banqueiro a pagar mais para ficar com a peça. Lígia sorri ao perceber a intenção do maestro.

Felipa encontra Beatriz a chorar e a caricatura que Lázaro fez da sobrinha destruída. Arrasada, Beatriz admite estar assim por ter pensado que alguém poderia gostar dela apesar da doença que tem.

Ricardo diz a Yara que não podem correr o risco de Marta morrer e Yara assegura que vai tratar do dinheiro do resgate. Enquanto o raptor dorme, Marta consegue roubar-lhe a navalha e começa a cortar as cordas que lhe prendem os braços.

Yara faz uma chamada, acedendo ao pedido de Ricardo para conseguir o dinheiro para os raptores. Yara recusa a ajuda de Samuel, que fica sentido por perceber que ela desconfia dele.

Daniel pergunta a Diana se ela realmente amou Frederico. Diana diz que amar mesmo só amou um homem e não foi Frederico. Daniel confessa que teve muitas mulheres, mas as coisas nunca funcionaram realmente.

Daniel discute com alguém ao telefone por ter de continuar com aquela farsa de conquistar Diana. Diana deixa uma mensagem carinhosa no voice-mail de Beatriz. Daniel faz nova investida e Diana corresponde com paixão ao beijo que ele lhe dá.

Jacinto entra em casa de Lucrécia com as chaves que roubou. Dirige-se à cozinha, onde demora uns segundos. Depois regressa e deixa a chave roubada na fechadura da porta da entrada, saindo sorrateiramente.

O raptor exige que Yara vá sozinha à estação de caminhos-de-ferro de Maputo, mas Ricardo consegue convencer o homem a deixá-lo acompanhar a mulher. O raptor avisa que se aparecer mais alguém mata Marta. Um dos raptores aproxima-se de Marta para lhe dar comida. Num movimento rápido, ela parte uma garrafa de cerveja e depois outra na cabeça do raptor, fugindo.

Afonso repreende furioso o raptor por ter deixado Marta fugir. Jacinto telefona para os bombeiros a queixar-se que cheira muito a gás no prédio. Lucrécia está deitada no meio do chão da sala. Lázaro está na cama, aparentemente a dormir.

Valentim olha intrigado para o seu novo advogado, que já conseguiu que ele fosse libertado até ao julgamento. O advogado diz-lhe que foi contratado por uma pessoa que acredita na sua inocência. É então que Valentim vê Paulinho encostado a um táxi, a observá-lo.

Afonso diz que o melhor é pagarem o resgate, mas o Investigador está certo de que consegue salvar Marta. Ouve-se um tiro. Todos sacam das armas, alerta.

Verónica chega a casa da tia e fica nervosa ao ver vizinhos, paramédico, e a tia e Lázaro com máscaras de oxigénio. Pergunta por Jaime. Lucrécia chora. Lucrécia ainda não respondeu e Verónica continua a perguntar por Jaime, nervosa, quando ouve o menino chamá-la. Jaime entra com Jacinto e abraça a mãe.

Marta é agarrada por alguém que a empurra por entre a vegetação sem a deixar olhar para trás. Afonso mostra-se a Marta, que chora aliviada por ser ele quem a agarrou e não um dos raptores.

Carlos e Marta beijam-se, apaixonados e aliviados por tudo ter acabado. Afonso observa-os, contendo a fúria, e liga a Yara dizendo que salvaram Marta.

Verónica conta ao pai que já decidiu onde vai morar, mas custa-lhe abandonar Lucrécia agora que ela precisa da sua ajuda. Jacinto alerta que ela pode pôr Jaiminho em risco de vida.

Diana diz a Daniel que irá sempre recordá-lo com carinho por a ter feito sentir-se desejada como mulher, mas alerta-o para que as coisas ficarão por ali quando ela regressar a Portugal. Daniel diz que nunca a irá esquecer. Os dois beijam-se.

Marta agradece a Afonso por a ter salvado. Mas depois fica furiosa ao sabe que a mãe contratou um investigador. Yara fica desolada com o comportamento de Marta. Quando fica a sós, chora, triste.

Valentim está disposto a vender a banca para ir morar com Paulinho para Moçambique, mas ao mesmo tempo tem medo. Paulinho dá-lhe as mãos e diz para ele não ter medo.


Sobre «A Impostora»

Inspirada em factos reais, aborda temas pertinentes da sociedade, mostrando a luta permanente de pessoas que têm amor ao poder e pessoas que têm o poder de amar.

Ficha Técnica

Título Original: Exclusivo: Ricardo quer que Yara pague o resgate
Categoria: Novela nacional
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares