EP 57 “Se tu não fosses coxa eu partia-te essa cara toda”

Em «Amar depois de Amar», Raquel (Maria João Pinho) e Aline (Teresa Tavares) estão, sozinhas, na casa dos amantes quando a discussão começa a intensificar-se. A advogada ameaça a vida de Alice (Catarina Rebelo) e a mãe, zelosa, descontrola-se provocando Aline.

Sáb, 31 ago 2019 21:40 TVI

Neste episódio

No presente...

Augusto (Filipe Vargas) e Raquel (Maria João Pinho) concordam ser melhor que Gonçalo (Pedro Lima) seja culpado pela morte de Marina (Dina Félix da Costa) pelos parâmetros normais. Raquel recebe uma chamada e diz a Augusto que têm de ir a um sítio.

Augusto e Raquel olham em redor impressionados com a grande casa onde Aurora (Sofia Nicholson) vive. A funcionária da fábrica conta-lhes que Gonçalo passou as ações da fábrica para seu nome para proteger a Odisseia de André (Nuno Pardal). Com alguma vergonha, revela por fim que era amante de Fernando, o pai de Gonçalo, sendo por isso que sempre teve uma vida desafogada.

Laura (Fernanda Serrano) tenta reconciliar-se com Miguel (Pedro Teixeira), mas o inspetor critica-a por ter sido capaz de se envolver com um criminoso a troco de informações. Laura descontrola-se e atira-lhe comida à cara.

Nicolau (Bernardo Lobo Faria) fica furioso com Aline (Teresa Tavares) por ela querer colocar as culpas do que aconteceu a Ângelo (Pedro Almendra) em Mané (Vicente Wallenstein), vira-lhe as costas e sai irritado. Augusto abraça o filho quando este lhe diz que pretende voltar para casa.

Regresso ao passado...

Augusto tenta envolver-se com Marina, mas a mulher afasta-o. Triste com a situação, Augusto limita-se a abraçá-la e a pedir-lhe que não o deixe. 

Raquel diz a Alice (Catarina Rebelo) que o casamento com Gonçalo melhorou muito desde que ele voltou a trabalhar na fábrica e irrita-se com Alice por ela questionar se nunca pensou que Gonçalo pudesse ter uma vida dupla.

Gonçalo olha, incomodado, para Marina a admitir que teve relações sexuais com Augusto. O empresário pede mais um tempo, mas a amante avisa-o que não vai tolerar muito mais tempo a situação de ter de dormir com dois homens ao mesmo tempo.

Passagem para o presente...

Sebastião (Rodrigo Trindade) afirma perante António (Luís Esparteiro) que não foi ele, nem Joaquim que mataram Marina. O suspeito nega saber quem era a sua mãe e conta que foi levado em bebé para a casa de Joaquim, que foi quem o criou.

Catarina (Carolina Frias) está a fazer a cama de Nicolau e repara que está sangue no chão.

Aline chega com Augusto e Raquel à Casa do Lago e comentam perceber que Gonçalo e Marina se tenham apaixonado um pelo outro naquele local.

Raquel e Aline trocam provocações mútuas, com a primeira a acusar a advogada de ser a principal responsável pelo suicídio de Tiago.

Ainda na casa dos amantes, vê-se um vulto a caminhar com dificuldade. Raquel liga para Augusto a pedir-lhe que a vá buscar.

Ouve-se um barulho lá fora e vê-se um vulto com uma navalha na mão. Aline fecha a porta de casa, deixando Raquel sozinha no telheiro, a chorar. 


Sobre «Amar depois de amar»

Dois casais conhecem-se através dos filhos e cimentam uma relação de estreita amizade, aparentemente improvável, pela diferença social entre ambos.  Ao ritmo do tango, que Marina, uma das protagonistas, pratica e ensinará a Gonçalo, marido da sua amiga Raquel, a paixão entre ambos desenrolar-se-á sem que, no entanto, a magia dos respetivos casamentos se esgote.

O crime que leva à morte de Marina e ao coma de Gonçalo trará a lume a história desta paixão que, aparentemente, só os respetivos cônjuges desconheciam. Quase todos serão suspeitos de terem cometido este crime mas o desenlace será dramático e improvável.

Ficha Técnica

Título Original: “Se tu não fosses coxa eu partia-te essa cara toda”
Categoria: Novela nacional
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares