Exclusivo. Comandante do NRP Mondego garante que há condições de segurança para navegar: "Tive 50% da guarnição do meu lado"

Qua, 15 mar 2023

Este é o primeiro navio que o Primeiro-Tenente Vasco Lopes Pires, comanda. Aos 31 anos, garante que a falta de experiência não confere ausência de competência e, por isso, acredita que a decisão de partir em missão foi a mais acertada.

O comandante está confiante e não tem dúvidas de que, ao contrário do que alegam os 13 militares que recusaram embarcar para acompanhar um navio russo a navegar ao largo do Porto Santo, estavam reunidas todas as condições de segurança.

O comandante admite, contudo, que a embarcação apresenta problemas técnicos. Não confirmando se são os mesmos enumerados pelos 13 militares. O documento apresentado pelos últimos “contém matéria classificada que nunca deveria ter saído para conhecimento público". "Não lhe vou dizer quais é que são as corretas, quais é que são as erradas”, clarifica o comandante.

Contudo, admite que, dos dois motores, apenas um funcionava.“Só tinha um motor operacional quando me foi dada essa missão e, por ter uma capacidade de manobra mais degradada, solicitei um rebocador no cais para fazer a manobra com segurança.” 

A avaria está agora reparada e o motor prestes a ser testado, mas o gerador continua avariado. Os quatro sargentos e nove praças estão a ser ouvidos pela Polícia Judiciaria Militar e a exercer funções a bordo. E também a bordo estão já os inspetores da Marinha, enviados de Lisboa para avaliar a situação técnica do navio. 

Neste espaço de grande informação há noticiário, há comentário e há interação. Damos atenção ao desporto, à segurança, à saúde e a tudo o que mexe com a vida das pessoas. Aqui contamos com a participação, em direto, dos espetadores da CNN Portugal.

Favoritos

Partilhar

MAIS VISTOS

NÃO PERCA