EP 291 Bárbara consegue entrar em casa de Teresa

Episódio 291
Qua, 16 set 2015 22:34 TVI

Neste episódio

Miguel entrega uma foto de Inês à polícia para começar a ser procurada. Manuel acha que Rafa sabe onde ela está e que está a ajudá-la. Manuel diz-lhes que têm de apertar com o rapaz.

Teresa e Clarinha chegam a casa depois do teatro infantil. Clarinha segue para o quarto para ir dar comida ao coelho. De súbito, Clarinha solta um grito e Teresa sai disparada ao seu encontro. No quarto de Clarinha, Teresa tapa os olhos da filha, para que ela não veja que o coelho está morto na cama. Clarinha chora, compulsivamente, nos braços da mãe. Teresa consegue levá-la para fora daquele ambiente e seguem para a sala. Clarinha pede para Teresa salvar o coelho. Teresa olha em volta como se alguém fosse aparecer naquela altura.

Eduardo recusa a ideia de não levarem Aníbal à justiça para evitarem um escândalo no hospital. Eduardo diz-lhes que com o rombo que criou nas contas do hospital, Aníbal merece ser julgado em tribunal. Os administradores acabam por dar razão a Eduardo.

Mateus diz a Simão que o juiz decretou-lhe como nova medida de coação a prisão domiciliária. Simão sopra o ar, desconsolado, por nem sequer poder ir visitar Ju ao hospital. 

Teresa continua a olhar em volta, no intuito de perceber se houve alguém que lhe fez aquilo ao coelho de Clarinha. Liga para Sofia e pede-lhe para ir buscar Clarinha lá a casa. Clarinha continua a pedir à mãe para salvar o coelho. Teresa diz à filha que vai ao quarto ver o que se passou com o coelho. Clarinha desaba, novamente, a chorar por Teresa lhe dizer que já não há muito a fazer ao coelho.

Manuel Maria acusa Miguel pela fuga de Inês devido à educação que lhe deu. Célia diz a Manuel que Miguel sempre foi um excelente pai. De seguida entra Paulo, que é também acusado por estar a ajudar Inês a fugir. Paulo nega e Miguel pede-lhe que se lembre de algum sítio onde Inês possa estar.

Teresa entra novamente no quarto percebendo logo que o coelho está definitivamente morto. Dá uma volta à cama e vê a arma do crime uma faca com um pequeno bilhete colado. Teresa chora em pânico, pegando na faca e no bilhete e sai porta fora.

Teresa vai ao seu quarto e esconde a faca e o bilhete para não preocupar Clarinha, disfarçando que o coelho talvez morresse por ela ter-se esquecido de o fechar na gaiola. Clarinha, triste, abraça-se à mãe a chorar, enquanto Teresa disfarça o seu enorme pavor.

Aniceto diz a Ludovina que vai trabalhar para a rádio que foi entrevistado, mas Ludovina alerta-o para o dinheiro que vai gastar nas viagens até Lisboa. Aniceto pondera e diz-lhe que seria boa ideia fazer uma última emissão na sua rádio para se despedir dos seus ouvintes. Entretanto Rafa vai a sair e conta-lhes que Inês ainda continua desaparecida.

Paulo sugere à família de Inês irem falar com Rafa para tentarem perceber onde ela está. Manuel quer ir com eles mas Célia recusa. Bárbara entra, vinda da rua, e Manuel pergunta-lhe porque faltou à consulta no hospital. Bárbara replica que vai continuar a faltar às consultas visto não estar louca.

Leonor continua em profunda depressão a fazer o luto de Tomás. Carlos perde a paciência e diz-lhe que tem de parar de se martirizar com aquele assunto. Leonor diz-lhe que não é assim tão simples esquecer um filho. Carlos sai irritado.

Rúben diz ao inspetor Eliseu que lhe parece que Nuno não está interessado no caso de Tomás, ficando desconfiado por este comentar que Nuno ficou aliviado com a morte devido a tudo o que aquele caso envolveu.

Sofia chega a casa de Teresa e Clarinha abraça-se a ela, inconsolável. Teresa faz sinais a Sofia a indicar que não lhe pode contar nada agora. Sofia sai com Clarinha para irem ao parque. Teresa suspira amedrontada.

No apartamento de Lena, um homem leva o berço de Sebastião embora sob as ordens de Lena. Marta está apática no sofá. Lena critica a prima por estar tão entregue ao sofrimento só por ter perdido o filho, dizendo-lhe que devia olhar para a situação dela, que anda a lutar para não morrer. Marta fica indiferente mas lamenta o que aconteceu com a prima.


Sobre «Jardins Proibidos»

Casaram-se e tiveram uma filha, Clarinha.

É surpreendente ver que na atualidade estão separados. O que é que correu mal? Teresa uma médica lutadora, empenhada nas causas sociais, idealista, luta por salvar a fábrica da família e os respetivos postos de trabalho. Por sua vez Vasco não se adapta aos novos tempos e novas regras do mercado. Em desespero viaja pelas economias emergentes em busca de um parceiro que salve a fábrica. Quando regressa Teresa está gravida, é um choque para ele.

Teresa é médica interna de um dos mais prestigiados hospitais públicos do país. O único que realiza transplantes do coração. É aí que conhece Eduardo Câmara, um cirurgião cardiotorácico, nascido nos Açores. Entre eles nasce uma atração e uma profunda cumplicidade.

Eduardo por sua vez viveu uma intensa história de amor nos Açores com Marta, uma médica obstetra. Foi uma relação que acabou dramaticamente, com ambos a culparem-se um ao outro. Voltam a cruzar-se no hospital.

No hospital Marta torna-se grande amiga de Teresa. Ela é prima de Lena, uma antiga colega de escola de Teresa. Lena é uma advogada, implacável, agressiva, e que nutre uns ciúmes e uma inveja doentia por Teresa. Através de Marta, Lena a Teresa voltam a relacionar-se. Lena promete a Teresa que lhe salva a fábrica. Por causa da fábrica Vasco e Lena vão ter que privar. Quando tudo parece bem encaminhado entre Teresa e Vasco, Lena seduz Vasco. Teresa e Vasco voltam a separar-se.

Paralelamente Mónica, uma jovem de Penacova perto de Coimbra, estudante de Gestão no 3ºano em Lisboa, irmã de Rui, um médico que está a fazer o internato e pretende-se especializar na área dos transplantes, apaixona-se perdidamente por Alfonso um aristocrata espanhol que está a fazer o Erasmus em Lisboa. Vão viver uma turbulenta história de amor.

Esta é uma história que tem como centro o amor. O amor como é vivido nos nossos tempos. O amor vivido nos limites.

É uma história que surpreende, que vai fazer a diferença. Uma novela altamente dinâmica. É uma novela moderna com temas de rotura, simultaneamente terna, provocadora e divertida. É um retrato social altamente abrangente que vai emocionar, empolgar e entusiasmar o espectador.

Ficha Técnica

Título Original: Bárbara consegue entrar em casa de Teresa
Categoria: Novela nacional
Formato: Drama
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Populares