EP 298 Inês aparece à família

Episódio 298
Sex, 25 set 2015 22:30 TVI

Neste episódio

Vasco diz a Clarinha que se vai casar com Carlota. O pai sorri, feliz, por Clarinha dizer que gosta muito de Carlota e pede-lhe para ser a menina das alianças. Vasco concorda e Clarinha diz-lhe que da última vez que lhe levou as alianças não gostou nada.

A enfermeira diz a Cláudia que Marta precisa de descansar. Cláudia dá-lhe e razão e saí a dizer à irmã que no dia seguinte regressa. Marta continua sem reagir.

Vasco pede desculpa a Clarinha por a ter obrigado a ser a menina das alianças no seu casamento com a Lena e por nunca ter acreditado nela quando o alertava para a maldade de Lena. Clarinha diz ao pai que está segura que ele vai ser muito feliz com Carlota.

Tiago entra em casa e vê Leonor e Carlos de costas voltadas, uma a cada canto da sala. Carlos diz-lhe que são invisíveis para Leonor, limitando-se a olhar, obcecada, para as fotos de Tomás.

Rúben entra na sala de interrogatório, furibundo, com Nuno atrás de si. Nuno diz-lhe que já devia de esperar que não iriam encontrar provas novas no esconderijo onde Tomás esteve. Rúben diz-lhe que vai conseguir provar que ele está implicado na morte de Tomás. Nuno sorri, provocador.

Manuel, que está a jantar, avisa Bárbara para parar de chatear Eduardo, informando-o que ele lhe ligou a contar que ela lhe continua a telefonar. Bárbara explode com Manuel e diz-lhe que não vai permitir que ele continue a destruir a sua vida, derrubando tudo o que está em cima da mesa. Bárbara, descontrolada, avança ameaçadora, para Manuel, de garfo na mão.

Teresa e Eduardo falam do sofrimento por que Marta está a passar. Teresa recrimina Cláudia por ter dado esperanças a Marta e no fim tirar-lhe o filho. Eduardo pergunta-lhe quando é que vão ter paz, beijando-se apaixonados. Bárbara continua, descontrolada, a tentar matar Manuel Maria que consegue afastá-la de si. Bárbara jura-lhe que vai acabar com ele por todo o mal que lhe fez, começando a atirar-lhe com toda a loiça da mesa. Manuel consegue desviar-se e agarrá-la. Dolores liga, aflita para o 112.

Lena, no seu apartamento, vem de dentro visivelmente combalida. Toma um comprimido enquanto respira fundo a tentar recuperar as forças, seguindo para o quarto. Lena entra no seu quarto, bastante trémula, e liga para Bruno. Lena pede ao Dr. para fazer tudo para salvar Marta, salientando que ela é a única pessoa que gosta verdadeiramente dela. No entanto, Bruno alerta Lena para continuar com os tratamentos de quimioterapia mas esta recusa dizendo que o tratamento não vai adiantar nada. Lena desliga e recorda-se do momento em que foi escorraçada por Vasco no seu casamento, prometendo a si própria, vingar-se dele antes de morrer.

Na casa de Manuel Maria, Bárbara debate-se com dois enfermeiros que a tentam sedar. Manuel pede-lhes, encarecidamente que a tirem dali.

No cantinho da Ju, Mariana diz a Rui que está muito preocupada com Leonor, ressalvando que ela perdeu todo o amor à vida, limitando-se a passar os dias a olhar para as cinzas de Tomás. Rui diz-lhe que Leonor vai recuperar quando vir o neto nascer. Nuno entra e cumprimenta-os. Mariana pede-lhe que não demore muito tempo a apanhar o assassino de Tomás. Leonor continua, em silêncio, a olhar para a urna de Tomás.

Tiago entra e Carlos sugere-lhe irem dar uma volta na sua traineira para descomprimir dos problemas. Tiago reage mal e diz-lhe que não quer ser ajudado. Carlos, farto daquele cenário, sai porta fora.

Cláudia volta a repreender Chico pela infeliz ideia de ter levado Sebastião a ver Marta ao hospital. Cláudia pede-lhe que não se intrometa mais na sua relação com a irmã. Chico olha-a magoado.

Ju liga para Simão para perguntar-lhe como está, dizendo estar preocupada por saber que ele deve estar a sofrer muito por estar preso em casa. Ju chora silenciosamente com aquele afastamento forçado ao seu amado.

Nuno promete a Sofia dedicar-se de corpo e alma à relação deles de futuro, referindo já nem querer saber que o assassino de Tomás nunca seja descoberto. Sofia olha-o admirada.

Os Catarino olham preocupados para Carlos, que se queixa desalentado já não saber que fazer para fazer Leonor recuperar da morte de Tomás. Carlos fica pensativo por Aniceto e Ludovina comentarem que ele nunca foi feliz ao lado de Leonor e insinuarem que ele vai destruir a sua própria vida se continuar com ela.

Já na escola de boxe, todos se entreolham muito ansiosos para descobrirem o sentido da enigmática mensagem que todos receberam ontem a convocar aquela reunião. Manuel pega-se com Paulo a insinuar que ele está envolvido no rapto de Inês, mas Célia manda-os calarem-se. Todos ficam a olhar ansiosos para a porta.

Inês revela-se e avisa que só quis que eles percebessem que tem estado a sofrer muito com todas as mudanças por que passou na sua vida e por ver todos à sua volta a lutarem. Todos se entreolham culpabilizados. Inês agradece carinhosa a Paulo por ter aparecido na sua vida por ter ficado a perceber que nunca foi uma criança rejeitada, mas expressa-lhe que é com Miguel e Célia que quer ficar.

Todos se aproximam de Inês muito felizes por a ver bem, com Inês a repisar esperar que não hajam mais quezílias de poder entre eles por sua causa. Inês admite ter tido alguém a ajudá-la a ficar desaparecida, olhando com um discreto sorriso para Tiago, que sai de seguida. Rafa repara, mas já não vê ninguém.


Sobre «Jardins Proibidos»

Casaram-se e tiveram uma filha, Clarinha.

É surpreendente ver que na atualidade estão separados. O que é que correu mal? Teresa uma médica lutadora, empenhada nas causas sociais, idealista, luta por salvar a fábrica da família e os respetivos postos de trabalho. Por sua vez Vasco não se adapta aos novos tempos e novas regras do mercado. Em desespero viaja pelas economias emergentes em busca de um parceiro que salve a fábrica. Quando regressa Teresa está gravida, é um choque para ele.

Teresa é médica interna de um dos mais prestigiados hospitais públicos do país. O único que realiza transplantes do coração. É aí que conhece Eduardo Câmara, um cirurgião cardiotorácico, nascido nos Açores. Entre eles nasce uma atração e uma profunda cumplicidade.

Eduardo por sua vez viveu uma intensa história de amor nos Açores com Marta, uma médica obstetra. Foi uma relação que acabou dramaticamente, com ambos a culparem-se um ao outro. Voltam a cruzar-se no hospital.

No hospital Marta torna-se grande amiga de Teresa. Ela é prima de Lena, uma antiga colega de escola de Teresa. Lena é uma advogada, implacável, agressiva, e que nutre uns ciúmes e uma inveja doentia por Teresa. Através de Marta, Lena a Teresa voltam a relacionar-se. Lena promete a Teresa que lhe salva a fábrica. Por causa da fábrica Vasco e Lena vão ter que privar. Quando tudo parece bem encaminhado entre Teresa e Vasco, Lena seduz Vasco. Teresa e Vasco voltam a separar-se.

Paralelamente Mónica, uma jovem de Penacova perto de Coimbra, estudante de Gestão no 3ºano em Lisboa, irmã de Rui, um médico que está a fazer o internato e pretende-se especializar na área dos transplantes, apaixona-se perdidamente por Alfonso um aristocrata espanhol que está a fazer o Erasmus em Lisboa. Vão viver uma turbulenta história de amor.

Esta é uma história que tem como centro o amor. O amor como é vivido nos nossos tempos. O amor vivido nos limites.

É uma história que surpreende, que vai fazer a diferença. Uma novela altamente dinâmica. É uma novela moderna com temas de rotura, simultaneamente terna, provocadora e divertida. É um retrato social altamente abrangente que vai emocionar, empolgar e entusiasmar o espectador.

Ficha Técnica

Título Original: Inês aparece à família
Categoria: Novela nacional
Formato: Drama
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Populares