EP 72 Polícia investiga Bashir e o rapto de Constança

Em «Prisioneira», o chefe da polícia desloca-se a casa de Bashir (Diogo Mesquita) para questioná-lo a respeito do rapto de Constança (Catarina Bonnachi). Ele garante que não sabe de nada e exige que a mãe da jovem seja castigada pelo falso testemunho.

Seg, 12 ago 2019 22:50 TVI

Neste episódio

Letícia (Ana Cristina Oliveira) conversa com o chefe da polícia sobre ter visto a filha em Al Aradhi e pede-lhe ajuda para a encontrar.

Carolina (Margarida Corceiro) quer saber como está o pai e diz a Helena (Lia Gama) que vai para Al Aradhi se o pai não voltar nos próximos dias. Sahid (Lucas Dutra) tenta acalmar Carolina, e ela pede-lhe para ir consigo procurar Diogo.

Fredy (Lourenço Ortigão) fica furioso ao ver Glória (Kelly Bailey) em sua casa à procura do dinheiro, e Leandro alerta-os de que foi outra pessoa que roubou o dinheiro.

Tomé (Tiago Teotónio Pereira) conversa com a pessoa que o foi visitar, entra no quarto e ela despe-se. Tomé acha aquilo uma loucura, mas ela diz-lhe que estão no sítio certo.

Letícia recebe uma sms a informarem-na de que a filha que viu foi Constança (Catarina Bonnachi) e que foi raptada por Bashir. Letícia quer ir falar com ele, mas Margarida (Paula Lobo Antunes) aconselha-a a ir primeiro à polícia.

O chefe da polícia questiona Bashir sobre o rapto de Constança e ele garante que não tem nada a ver com aquilo e exige que repreendam Letícia.

Mário (Vítor Hugo) vai visitar Tomé e o filho insinua que ele era amigo e sócio da pessoa responsável pela morte do seu irmão. Mário fica crispado e quase bate em Tomé, mas Leonor aparece e impede-o.

Fátima (Rita Rodrigues) mostra o dinheiro que encontrou no quarto de Teresa e mostra-se convencida de que ela está a planear a fuga com o filho.

Fátima (Rita Ribeiro) acha que Teresa (Joana Ribeiro) quer fugir com Hassam e Leila (Sofia Aparício) admite a possibilidade do dinheiro ser para ela pagar as dívidas de Omar (Carloto Cotta) e evitar o casamento com Samira (Vera Kolodzig).

O Chefe da polícia insiste em saber quem é que encomendou o rapto do filho de Omar, mas Monique (Benedita Pereira) e Diogo (Paulo Pires) não cedem às ameaças.

Omar quer saber a origem do dinheiro, e Teresa nega saber, mas ele anui que foi Júlio (José Wallenstein) quem lho deu para poder fugir com o filho. Teresa chora inconsolável e desesperada, agarrada ao filho. 

Omar entra na sala, fora de si e diz que Teresa vai ficar trancada até confessar o que fez e Fátima (Rita Ribeiro) apoia a decisão do filho

Tomé (Tiago Teotónio Pereira) conversa com Cassandra sobre o seu plano de fazer com que os pais se odeiem cada vez mais. Cassandra confronta-o por andar a dormir com Joana, mas este diz-lhe que é por interesse e envolvem-se.

Joana informa alguém que Tomé se tornou amigo de uma paciente da clínica e que anda a falar demais sobre a organização.

Sílvio (Vítor d'Andrade) recorda quando colocou o saco do dinheiro dentro da mala de Teresa.

Fredy (Lourenço Ortigão) confronta Vítor (Diogo infante) por ter aliciado Leandro a traí-lo e por ter comprado o silêncio de Glória (Kelly Bailey).

Fredy fica a saber que o dinheiro está com Teresa e que ela não sabe como foi lá parar. Glória está preocupada por ter traído a irmã e ainda lhe ter complicado mais a vida.

Letícia (Ana Cristina Oliveira) conta a Margarida (Paula Lobo Antunes) que recebeu uma sms para ir ter com Constança (Catarina Boannachi). Margarida propõe ir com ela, mas Letícia prefere ir sozinha e vinca que vai fazer tudo para ter a filha de volta.

Omar leva um prato de comida a Teresa, mas ela recusa-se a comer, e Omar avisa-a que não é assim que vai resolver os problemas e que se não estiver capaz de tomar conta do filho, ele terá de tomar medidas.

Nelson propõe a Fredy que tome conta do novo clube, e ele fica desconfiado por ele lhe estar a dar um cargo tão importante. Vítor chega e dirige-se para o escritório e confirma que tem a arma no bolso. Nelson está sentado na cadeira, e leva um tiro no peito.

Fredy entra em casa muito tenso e atira-se para cima da cama.


Sobre «Prisioneira»

Um médico muçulmano, revolucionário mas não fundamentalista, luta por um mundo mais justo e menos fraturado.

Apaixona-se loucamente por uma portuguesa e resgata-a de uma vida pouco fértil de amor.

No entanto, este resgate torna-se num cativeiro que ninguém previra e num combate desigual pela guarda de uma criança.

A intriga, que decorre entre Lisboa e um país do Magrebe, é protagonizada por um amor entre crenças e tradições diferentes, para sempre afetado por um atentado terrorista.

Ficha Técnica

Título Original: Polícia investiga Bashir e o rapto de Constança
Categoria: Novela nacional
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares