EP 130 Machado procura novas pistas na Herdade

Episódio 130.

Qua, 26 ago 2020 21:45 TVI

Neste episódio

Ana (Madalena Aragão) caminha de regresso a casa. Mateus (Pedro Sousa) está prestes a apanhá-la quando passa o carro de Patrícia (Leonor Seixas) a grande velocidade. Ele fica frustrado ao ver a filha a entrar em casa.

Lucas (Filipe Vargas) não quer saber do testamento de Catarina (Maria José Paschoal) e Nuno (Diogo Lopes) conta que também não teve bons exemplos dos pais.

Joana (Marina Mota) conta a Elvira (Ana Bustorff) que está a simular um romance com Ornelas, porque quer Alfredo (Luís Esparteiro) de volta e não desiste do seu grande amor.

Hugo (Rorigo Paganelli) repara que Carlos (João Vicente) está a tremer e aconselha-o a dar uma oportunidade a Maria (Mafalda Marafusta) para ajudá-lo a ultrapassar aquela fase.

Sandra (Marta Faial) acaba de preparar as mochilas dos sobrinhos. Marcos (Pedro Teixeira) aparece e as crianças ficam aterradas a olhar para ele.

Ana depara-se com Vitória (Sara Barradas). A mãe veio entregar-lhe outra carta e sai.

Sandra fica nervosa com a presença de Marcos. Pilar e Diogo ficam num misto de medo e de saudades. Hugo tenta acalmar os ânimos, e indica que hoje vai levá-los à escola.

Isabela (Inês Herédia) vê Marcos a chorar e pergunta o que se passa. Ele conta que estragou a sua vida e que os filhos têm medo dele.

Carlos, Lucas, Nuno, Marcos e Elvira ouvem Gouveia a ler o testamento de Catarina (Maria José Paschoal). Ela deixa tudo a Ana, mas Mateus fica responsável até ela atingir a maioridade.

João (Isaac Alfaiate) brinca com Teresa. Rita diz que tem pensado muito na situação dele e que tem um documento que pode melhorar a vida dele.

Lucas pergunta se há alguma forma de contornar o testamento, mas Gouveia indica que Catarina decidiu tudo na cadeia, de forma legal.

Fonseca já tem o relatório da autópsia de Catarina. Machado (Pedro Hossi) verifica que ela tinha veneno no sangue, e começa a fazer uma lista de suspeitos.

Rita diz a João que gerir a sua mesada é uma maneira de controlar os seus consumos. Ele vinca que quer atinar pela sobrinha e assina a procuração. Rita guarda a procuração e liga a Lucas a avisar que João está em sua casa.

Machado insiste que Mateus é o principal suspeito. No entanto, decide ir com Fonseca à cozinha da Herdade para investigar o que Catarina andou a comer ou a beber no dia da morte.

Joana está chateada por Catarina não lhe ter deixado nada e liga a Ornelas.

Isabela vai ao encontro de Mateus e diz-lhe que se demorou mais para despistar a polícia. Ele sugere tomarem o pequeno-almoço primeiro.

Machado pergunta por Isabela. Joana e Elvira contam que ela anda a trabalhar em casa de Marcos.

Mateus termina de comer. Isabela não consegue esperar mais tempo e senta-se em cima dele. O momento aquece e envolvem-se ali.

Elvira, nervosa com o interrogatório de Machado, indica que não viu ninguém e que só quis salvar Catarina. Machado afirma que foi encontrado veneno e precisa de saber quem preparou o lanche.

Mateus e Isabela, envolvidos, ele tem vontade de lhe apertar o pescoço e para. Isabela fica desesperada, a achar que ele já não gosta dela e desaba a chorar por não saber mais o que fazer para ele se entregar.

Joana diz que não preparou o lanche de Catarina, mas sabe que Elvira fez bolos. Machado pergunta se os provou e Joana nega.

Mateus quer tentar de novo, mas Isabela indica que já percebeu que Mateus não consegue estar com ela como as pessoas normais e sai, deixando Mateus desolado.

Elvira (Ana Bustorff) tira os bolos do congelador, e diz que não foi daqueles bolos que Catarina (Maria José Paschoal) comeu. Fonseca recolhe-os como prova.

Rita tenta impedir João de sair. Ele pede-lhe dinheiro. Rita sabe que é para droga e não lhe dá. João agradece a manhã com Teresa e sai, quando se depara com Lucas, Carlos, Hugo (Rodrigo Paganelli) e Nuno (Diogo Lopes).

Ana (Madalena Aragão) estuda. Vitória (Sara Barradas) entra apressada e diz-lhe que precisa da ajuda dela para imprimir panfletos.


Sobre «Quer o Destino»

QUER O DESTINO é a história de amor e de vingança de uma mulher que, já adulta, regressa ao local onde foi violada e onde virá a ser surpreendida com a sua capacidade de superação e, também, com algumas das mais vis expressões de maldade humana.

A vida de Vitória, uma jovem ribatejana apaixonada por animais e pela arte da falcoaria, dá uma volta de 180 graus no dia em que é violada e assiste ao homicídio do pai. Com receio de ser também morta, e com o desejo de esquecer tudo o que tinha passado, Vitória foge para Lisboa, com a firme decisão de nunca mais pisar a sua terra natal. Como a vida dá muitas voltas, 14 anos depois, Vitória regressa à casa de família dos seus violadores. É enfermeira e fisioterapeuta da mãe desses homens, Catarina, que sofreu um AVC e está em recuperação. Apesar da dureza de carácter, Catarina, a matriarca da família Santa Cruz, deixa-se prender pela simpatia e pela dedicação de Vitória. Fará tudo por ela até ao momento em que percebe que a sua vida pode pôr em risco a vida dos próprios filhos.

 

Carlos, o capataz da Herdade do Cruzeiro, herdade dos Santa Cruz, namorado de adolescência de Vitória, reconhece-a de imediato, apesar da sua profunda alteração física e psicológica. Depois de saber o que aconteceu 14 anos antes, Carlos põe-se à sua disposição para a descoberta de toda a verdade, com uma única condição: não quer participar em vinganças. No entanto, no decurso da novela, Vitória será constantemente surpreendida com o que é capaz de fazer para vingar a morte do pai e pela forma como uma paixão recente, mas intensa, lhe permite retomar o curso normal da sua vida, de certa forma em suspenso desde a violação.

Esta protagonista, fruto do seu passado, fará muitas coisas criticáveis mas, em boa verdade, será impossível não simpatizar com ela. Apesar do seu percurso sinuoso, consegue vencer os seus medos e os seus inimigos.

Ficha Técnica

Título Original: Machado procura novas pistas na Herdade
Categoria: Novela nacional
Formato: Outro
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares