EP 145 Isabela recebe um envelope misterioso

Episódio 145.

Sex, 4 set 2020 21:45 TVI

Neste episódio

Machado (Pedro Hossi) avisa Lucas (Filipe Vargas) que acredita que Mateus (Pedro Sousa) tenha deixado por ali mais corpos e revela que vão investigar. O engenheiro pergunta como está o caso da mãe e o inspetor revela que Marcos (Pedro Teixeira) é o principal suspeito e que está tudo a encaminhar-se.

Joana (Marina Mota) serve Alfredo (Luís Esparteiro), enquanto ele agradece-lhe por ter guardado a sua roupa. O pai de Hugo (Rodrigo Paganelli) e pergunta se pode ficar lá em casa e ela diz-lhe que nunca devia ter saído. 

Preocupado, Mateus conta as notas, pois já não tem muito dinheiro para viver.

Isabela (Inês Herédia) prepara-se para dormir, quando recebe uma mensagem a dizer para ir ter ao portão da herdade e fica com esperanças que seja Mateus. A afilhada de Elvira (Ana Bustorff) está amedrontada junto do portão e não vê ninguém, mas encontra um envelope com o seu nome e fica assustada com o conteúdo.

Lucas pede desculpa a Vitória (Sara Barradas) pela reação que teve, e ela afirma que só está a pensar na segurança da filha deles.

Todos jantam felizes, enquanto Alfredo mostra ter a intenção de ajudar nas casas dos filhos e fala em ter netos. Carlos (João Vicente) corta a conversa e diz que já têm Diogo (Luís Henrique) e Pilar (Maria Marques) para animar a casa.

Patrícia (Leonor Seixas) mostra a Nuno (Diogo Lopes) tudo o que gastou com Alfredo e pede ajuda para conseguir recuperar o dinheiro.

Alfredo comenta com os filhos que não quer voltar a trabalhar, quer gozar a reforma e Hugo acha que faz bem.

Joana agradece a Ornelas tudo o que fez por ela, pede para manter segredo sobre tudo o que tiveram, e abraça-o.

Marcos insiste em ir à Cruzeiro do Sul, Raquel lembra-o do acordo sobre o sigilo e pergunta se sabe de Mateus. A campainha toca e Isabela pede ao Santa Cruz para entrar em contacto com o irmão e que se não o fizer vai contar à polícia. O pai de Pilar tenta agir naturalmente com Raquel, que fica desconfiada.

Madalena (Anna Eremin) pergunta a Isabela como corre a PH Natural, ela acha que toda a gente a odeia e sai a chorar. Madalena insinua-se a João (Isaac Alfaiate) e ele beija-a.

Machado dirige-se para o quarto e depara-se com Patrícia que aguarda-o à porta dele e diz-lhe que precisa de uns conselhos. A dona do café sabe que o inspetor perdeu a mulher e pergunta como aguenta. Ele revela-lhe que ainda não conseguiu superar essa situação na totalidade, mas que habituou-se.

Joana prepara o pequeno-almoço, ouvem-se gritos dos quartos, e ela comenta com Alfredo que a casa está animada desde que têm as crianças. Hugo, Diogo e Pilar cantam os parabéns a Sandra, dizem-lhe que é a melhor tia do mundo, e a jovem fica feliz com os mimos deles.

Fonseca diz a Machado que já foram encontrados mais dois corpos de mulheres. O inspetor reage com convicção de que vai apanhar Mateus.

Lucas não vai despedir Isabela, mas pergunta-lhe se a filha vai estar a salvo e lembra-a que Mateus já violou e matou várias mulheres. O engenheiro confronta Ana (Madalena Aragão) e quer saber se está mesmo confusa em relação ao que sente por Mateus. A jovem diz que sabe que Mateus violou a mãe, mas que sempre a tratou bem.

Isabela está abalada, tem sido difícil enfrentar tudo e todos, e conta a Mateus que estão a fazer mais buscas e que encontraram mais corpos. O Santa Cruz mente, dizendo que não seria capaz de fazer isso.

Machado está contente por o dia estar a correr bem e irem apertar o cerco a Isabela, mas Fonseca confessa que está interessado nela.

Mateus fica preocupado ao ver a fotografia de Isabela, pois não foi ele que lhe mandou o envelope e acha que foram apanhados.

Fonseca garante que não tocou na afilhada de Elvira, mas Machado não quer saber e manda-o dali para fora.

Vitória aguarda Ana, ela chega e diz que é como se fosse um pedido de desculpas por ter sido chata este tempo todo. A enfermeira entrega-lhe os ténis e começam a correr.

Rita finge estar feliz com a recuperação de João e manipula-o. 


Sobre «Quer o Destino»

QUER O DESTINO é a história de amor e de vingança de uma mulher que, já adulta, regressa ao local onde foi violada e onde virá a ser surpreendida com a sua capacidade de superação e, também, com algumas das mais vis expressões de maldade humana.

A vida de Vitória, uma jovem ribatejana apaixonada por animais e pela arte da falcoaria, dá uma volta de 180 graus no dia em que é violada e assiste ao homicídio do pai. Com receio de ser também morta, e com o desejo de esquecer tudo o que tinha passado, Vitória foge para Lisboa, com a firme decisão de nunca mais pisar a sua terra natal. Como a vida dá muitas voltas, 14 anos depois, Vitória regressa à casa de família dos seus violadores. É enfermeira e fisioterapeuta da mãe desses homens, Catarina, que sofreu um AVC e está em recuperação. Apesar da dureza de carácter, Catarina, a matriarca da família Santa Cruz, deixa-se prender pela simpatia e pela dedicação de Vitória. Fará tudo por ela até ao momento em que percebe que a sua vida pode pôr em risco a vida dos próprios filhos.

 

Carlos, o capataz da Herdade do Cruzeiro, herdade dos Santa Cruz, namorado de adolescência de Vitória, reconhece-a de imediato, apesar da sua profunda alteração física e psicológica. Depois de saber o que aconteceu 14 anos antes, Carlos põe-se à sua disposição para a descoberta de toda a verdade, com uma única condição: não quer participar em vinganças. No entanto, no decurso da novela, Vitória será constantemente surpreendida com o que é capaz de fazer para vingar a morte do pai e pela forma como uma paixão recente, mas intensa, lhe permite retomar o curso normal da sua vida, de certa forma em suspenso desde a violação.

Esta protagonista, fruto do seu passado, fará muitas coisas criticáveis mas, em boa verdade, será impossível não simpatizar com ela. Apesar do seu percurso sinuoso, consegue vencer os seus medos e os seus inimigos.

Ficha Técnica

Título Original: Isabela recebe um envelope misterioso
Categoria: Novela nacional
Formato: Outro
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Populares