EP 77 Moradores da Rua em pânico com a decisão de Tavares

Em «Rua das Flores», Tavares (Almeno Gonçalves) recusa responder ou assumir a responsabilidade pelo tema e vai embora. Os restantes decidem que têm de se unir, para evitar uma catástrofe.

Qui, 4 ago 2022 19:15 TVI

Neste episódio

Angélica (Mafalda Tavares) jura que ouviu Tavares (Almeno Gonçalves) dizer que vai ter de vender todas as lojas da rua, com inquilinos e tudo, porque perdeu dinheiro. André já a trabalhar na Pastelaria, quer saber se foi readmitido, mas pede um aumento. Chega Jasmim (Eduardo Madeira), a dizer que tem a informação mais importante da rua, mas só a dá se for readmitido. Dália (Inês Faria) está muito preocupada por Tavares querer vender as lojas todas, com inquilinos e tudo. Fernando (Carlos Cunha) confessa que não está nada calmo com aquilo e que só espera que não venda a loja deles.  Jasmim acabou de contar o que se está a passar. A patroa da pastelaria sorri aliviada ao perceber afinal, o que aconteceu na noite anterior. André e Jasmim estranham a reação e alertam para o facto de Tavares poder vir a vender a Pastelaria.  Sergei (Pedro Diogo) e Violeta (Sofia Grillo) vão pela rua e cruzam-se com Tavares. Este responde chateado, que é um péssimo dia. Sergei também tem pouco tempo, mas decide ser direto para esclarecer umas coisas que ouviu, perguntando se é verdade que vai vender lojas.  Tavares quer saber porque é que Sergei lhe está a fazer aquela pergunta. Nenhum dos dois quer responder.  Na Pastelaria, Frésia (Paula Neves) recusa acreditar que Tavares venda a Pastelaria e que ele precisa de amor e carinho e que deviam haver mais pessoas como ele. André e Jasmim ficam confusos.  Tavares discute com Sergei e Violeta, pois não tem de dar satisfações a ninguém. Chegam Íris e Constantino que também querem saber a verdade.  Tília (Ana Bola) está a passar um saco com roupa a Flora, enquanto lhe dá instruções pessoalmente, porque a roupa nunca chega como ela quer. Rosa chega da rua com as cusquices do momento.  Tavares recusa responder ou assumir a responsabilidade pelo tema e vai embora. Os restantes decidem que têm de se unir, para evitar uma catástrofe.  Rosa acha que a rua vai fechar e Flora começa a sentir-se mal, pedindo que Tília lhe deite as cartas, mas esta ofende-se com a forma como Flora se refere ao tarot. Tavares entra na Pastelaria furioso a perguntar por Frésia. André e Jasmin acham que a pastelaria vai ser vendida. Rosa explica a Flora que é a sua raspadinha da sorte pois ela também consegue ler as cartas. Pedrosa está a tentar convencer Hortênsia a não ir para a Venezuela. Ela defende que em Portugal não tem hipótese de começar e que Pedrosa é a única coisa que a prende ali. Conta-lhe também que Íris e Constantino lhe ofereceram estadia no Hostel grátis.  Rosa deita as cartas a Flora, sem sentido nenhum. Acha que a sanita dela se vai partir e ela não pode fugir para a porta.  Hortênsia continua a manipular Pedrosa. A chorar, explica-lhe que a comove muito a generosidade de Íris e Constantino, mas que ela não pode ficar sempre num Hostel. Ela quer mais. Merece uma casa própria, a felicidade.  Marcolino entra na cozinha e Rosa arruma rapidamente as cartas. Flora fica contente de o ver ali. Rosa disfarça que Tília o está a chamar e quando ele sai, pede a Flora o dinheiro da consulta.


Sobre «Rua das Flores»

Tília não impinge o seu trabalho a ninguém, no entanto, todos naquela rua a procuram, embora ninguém o admita. Por vergonha, mas também por ninguém querer acreditar verdadeiramente nas profecias de Tília... que, em boa verdade, acabam sempre por se concretizar. E é justamente no concretizar de uma dessas profecias que começa a nossa história.

Todavia, a Rua das Flores é muito mais que dona Tília. É uma rua também invulgar, por numa das pontas estar a ser construído um prédio, que fará daquela rua uma rua sem saída. E se aquela população já tinha guerras de sobra por cada um dos lados da rua pertencer a freguesias diferentes, agora terão um conflito ainda maior: é que a rua vai passar a ser um beco, derivado a uma construção em que ninguém conhece o dono.

Na Rua das Flores não há dia em que as confusões não sejam mais do que muitas, o que vai piorar quando descobrirem que desapareceu o caderno onde Tília apontava todas as suas previsões. Ou seja, está lançado o pânico da Rua das Flores! É que se o caderno desapareceu, alguém o tem. E esse alguém passará a saber tudo sobre toda a gente. E não existe por ali, quem não tenha segredos a esconder... segredos esses que vão começar a ser espalhados pela Rua, sem revelar de quem são. E todos os habitantes passam a desconfiar uns dos outros.

 

Ficha Técnica

Título Original: Moradores da Rua em pânico com a decisão de Tavares
Categoria: Novela nacional
Formato: Comédia
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Populares