EP 29 Joana arrisca-se por Ema

Em «Amar Demais», Constança (Filipa Pinto) conta a Joana (Catarina Rebelo) que fez um casting para modelo e que vai mudar de vida. Joana não fica entusiasmada, diz que vai aproveitar para se despedir de uma amiga e envia uma sms a Ema (Ana Varela).
Sex, 16 out 2020 21:47 TVI

Neste episódio

Fred (Filipe Matos) agradece a Diana (Matilde Reymão) por o ter levado para sua casa, mas não quer ser um peso para ela e para a família.

Rita (Beatriz Barosa) está determinada a fazer alguma coisa para salvar a editora e Salomé (Madalena Brandão) fala-lhe da chantagem ao ministro.

Ema (Ana Varela) deixa-se cair na cama, arrasada. Zequinha (Diogo Dourguette) entra e abraça-a.

Zeca (Graciano Dias) comenta que têm acontecido coisas muito estranhas e que viu uma mulher, com quem esteve no Faial, quando foi procurar Ema.

Rita pergunta a Raul (Sérgio Praia) se é verdade que vão despedir pessoas e vender a Editora.

Santos Costa (Ricardo Castro) propõe uma sociedade a David (Jorge Albuquerque), pois ele e um grupo de funcionários também querem evitar que a editora seja vendida.

Zeca conta que encontrou a mulher, que tinha visto no Faial e Ulisses (Nuno Homem de Sá) percebe que ele está a falar de Célia (Sofia Ribeiro). Zeca conta ainda que teve uma filha com Ema, que supostamente morreu, mas afinal pode estar viva.

David agradece o empenho de Santos Costa, mas acha que deve ser ele a resolver o problema.

Zeca garante a Ulisses que se o teste der negativo, vai virar o cemitério ao contrário e depois o mundo.

Célia pede a Joana (Catarina Rebelo) para voltar e ela fica pensativa.

Estela (Isabel Figueira) fala com Célia e fica admirada quando a irmã diz que vai voltar para o Faial.

Joana vê fotos dela com Fred no Faial, e lamenta o facto de o amigo ter tido alta do hospital e nem lhe ter dito nada.

Vanda (Fernanda Serrano) diz ao filho que não vai trabalhar porque está maldisposta por ter descoberto que Ema andou enrolada com Zeca.

Constança (Filipa Pinto) conta a Joana que fez um casting para modelo e vai mudar de vida. Joana não fica muito entusiasmada e diz que vai aproveitar o tempo que lhe resta para se despedir de uma amiga, e envia uma sms a Ema.

Joana avisa Ema de que vai voltar para o Faial e combinam almoçar juntas.

Emília (Dina Félix da Costa) está a servir um copo de whisky, quando se assusta com a campainha e entorna o líquido na bata. Emília tira a bata e, ao abrir a porta, fica aflita ao ver David, que foi ali para a convidar para almoçar.

Ema recebe Joana de forma carinhosa e diz-lhe que têm companhia para o almoço. Joana diz que não se importa, mas fica em choque ao ver Diana (Matilde Reymão) e Fred.

Ulisses pressiona Zeca com a história do casamento. Ele acaba por ceder e pede a Ulisses para marcar a data.

Gisela (Carla Vasconcelos) e Olga (Helena Costa) estão a entrar e ficam eufóricas com a notícia de que Zeca vai casar. Gisela e Olga festejam o facto de Zeca se ir casar e querem saber quem é a felizarda. Zeca fica atrapalhado e não sabe o que dizer.

Emília fica surpreendida por ver David ali e ele explica que teve uma reunião chata e que só lhe apeteceu vê-la.

Vanda reclama a sua bebida e David estranha. Emília, sem saber o que fazer, beija-o na boca e tira-o dali.

Ema está estupefacta por Joana, Fred e Diana se conhecerem e Joana esclarece que não foi à procura de Fred, mas sim almoçar com Ema, que é sua amiga.

Emília e David avançam para o exterior da casa aos beijos, quando ela repara no carro de Luís (Diogo Branco).

Olga e Gisela estão desapontadas por não poderem falar do casamento a ninguém. Zeca explica que quer ser ele a dar a novidade e que primeiro ainda há muitas coisas para se resolverem.


Sobre «Amar Demais»

Há quem esteja disposto a dar a vida, ou o seu tempo de vida, para salvar alguém, por amar mais... É assim Zeca, o protagonista. Uma pessoa dotada de valores, com um enorme sentido de justiça, que nem sempre escolhe o caminho provável para ajudar quem ama, mas que nunca tem dúvidas sobre o que é prioritário: proteger os seus. É isso que o leva à prisão, quando aceita dar-se como culpado por um crime que não cometeu em nome de outrem para salvar a vida da sua mãe.

Por a amar demais, Zeca abdica da sua própria liberdade, e do amor que Ema sente por ele. E quando percebe que foi enganado e que o seu sacrifício foi em vão, em vez de se revoltar, é resiliente. E prepara-se para o que será́ o dia do grande embate: o momento em que vai poder fazer justiça por tudo o que passou.

Zeca fica preso durante mais de 15 anos, mas quando sai está determinado a descobrir quem foram as pessoas que o traíram. Quer fazer justiça pelos anos perdidos, mas quer também provar a sua inocência. Quer ter o direito de recomeçar de novo, com a ficha limpa. E se para isso tiver de fazer algo que não deve no caminho, tudo bem: a pena já a cumpriu por antecipação.

Um homem que sabe bem o que quer, sem que isso o torne calculista, frio ou incapaz de sentir ou amar... Talvez isso seja o seu lado feminino a manifestar-se, fruto de ter crescido com uma mãe e quatro irmãs. Afinal, não dizem que as mulheres são feitas para aguentar todo o tipo de provações? Zeca é uma versão de calças destas mulheres lutadoras. O filho que se sacrifica pela mãe. O irmão protetor. O homem que pela mulher que ama roda o mundo. O pai que pela filha se descobre um novo homem, capaz da força de um leão.

Zeca é um hino às mulheres que o educaram, porque o mundo em que vivemos pode ser considerado ainda dos homens, mas é do ventre das mulheres que eles nascem, são elas quem os educam, são a sua maior influência. O que mostra que na realidade o mundo está nas mãos das mulheres, a quem compete fazer dos seus filhos: homens tolerantes, homens amorosos que as amem e respeitem acima de tudo, que as tratem como iguais

Ficha Técnica

Título Original: Joana arrisca-se por Ema
Categoria: Novela nacional
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares