Roque da Cunha deixa duras críticas a Francisco George: "O combate à pandemia não pode ser desvalorizado"

30 dez 2021

Jorge Roque da Cunha, do Sindicato Independente do Médicos, lamenta a responsabilização dos médicos pelo caos nas urgências e deixa duras críticas a Francisco George:  “O combate à pandemia não pode ser desvalorizado”.

 

Com um novo olhar e uma nova dinâmica, agora apresentado em dupla porque a exigência deste horário obriga a prestar a atenção ao que ainda está a acontecer, em direto do exterior e com explicação ou comentário em estúdio.

Favoritos

Partilhar

MAIS VISTOS

NÃO PERCA