"Não podemos aceitar um país em que ser mulher é um risco"

Sáb, 21 set 2019

Em Guimarães, Catarina Martins relembrou os números da violência doméstica para defender que não se pode aceitar um país onde ser mulher é um perigo.

Para a coordenadora do Bloco de Esquerda, a "luta por um país digno é também uma luta contra a violência".

Catarina Martins assumiu, também, que o BE é um partido feminista.

Tempo de olhar o dia que passou e antecipar o novo tempo que está a chegar. À meia-noite, todas as noites, a 25ª Hora faz a diferença nos dias.

Para nós, o dia não tem apenas 24 Horas. Reunimos jornalistas, comentadores e reportagens porque acreditamos que as notícias da noite não são apenas as notícias do dia.
 

Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares