EP 20 Raul e Peter preparam morte de Zeca

Episódio 20

Ter, 6 out 2020 21:47 TVI

Neste episódio

Peter (Joaquim Nicolau) olha para os dois quadros sem saber o que fazer. Peter pega no verdadeiro, diz que vai custar-lhe desfazer-se dele, mas que tem de ser.

Ema (Ana Varela) está em choque pelo filho ter dito o nome de Zeca (Graciano Dias), mas acha que não pode ser o mesmo, pois eles não se conhecem. Ema recorda que Zequinha (Diogo Dourguette) tinha a foto de Zeca e vai tentar perceber o que se passa.

Peter fala com alguém para tentar perceber o que pode fazer em relação ao quadro e alguém lhe diz que já arranjaram um homem para fazer o tal trabalho.

Zeca chega, conta que teve um dia muito complicado e que foi do céu ao inferno em poucos minutos. Eça (Nuno Pardal) pergunta se teve alguma coisa a ver com Ema e Zeca diz que sim.

Salomé (Madalena Brandão) e Rita (Beatriz Barosa) conversam sobre o roubo no bar. Salomé tem a impressão de que alguém está a tentar tramar Zeca e desconfia de Vanda (Fernanda Serrano).

Ema tenta perceber porque Zequinha disse o nome de Zeca. Ema mostra-lhe uma foto e Zequinha reconhece-o.

Salomé sugere descobrirem algum podre de Vanda, para a poderem controlar. Rita pergunta a Raul (Sérgio Praia) se está tudo bem, porque se apercebeu da presença da PJ. Raul conta-lhe sobre o roubo do cofre e Rita fica surpreendida por ele a convidar para jantar.

Gabriel (Ricardo Carriço) pede a Carolina (Joana Manuel) para não se casar e esperar por ele, mas ela mostra-se decidida a casar com um desconhecido.

Vanda recebe uma chamada de Gabriel e pergunta pelo cheque. Gabriel diz que lho vai entregar agora.

Rita está admirada com o convite de Raul. Ele atende uma chamada de Peter que lhe diz que têm de se encontrar imediatamente, pois arranjaram um homem para fazer o serviço. Rita ouve a conversa e pergunta se está tudo bem. Raul diz que vão ter de deixar o jantar para outro dia.

A enfermeira informa Diana (Matilde Reymão) de que a operação foi um sucesso, mas que Fred (Filipe Matos) não pode receber visitas, pois continua em observação.

Célia (Sofia Ribeiro) diz que já avisou no trabalho que ia viajar e que eles não gostaram muito. Joana (Catarina Rebelo) pede desculpa à mãe por lhe estar a causar problemas. Célia confessa que não gosta de viajar.

Zeca já contou a Eça que passou a tarde com Ema num hotel e que foi incrível, mas que Ema não quer separar-se do marido, por causa do filho. Zeca está desanimado e deixa escapar que se a filha estiver viva, talvez Ema reconsidere.

Joana (Catarina Rebelo) está triste por a mãe não perceber a importância daquela viagem. Estela (Isabel Figueira) tenta consolar a sobrinha e acaba por dizer que Célia está insegura porque acha que Joana quer ir ter com Ema (Ana Varela).

Emília (Dina Félix da Costa) está determinada a contar a verdade a David (Jorge Albuquerque) mas, logo de seguida, perde a coragem e quer voltar para casa. As irmãs encorajam-na e dizem-lhe que David vai gostar dela na mesma.

Luís (Diogo Branco) está decidido a sair de casa, porque não consegue lidar com a vida sexual da mãe. Ela justifica-se com o facto de ter de sustentar os gostos requintados de Luís.


Sobre «Amar Demais»

Quem nunca amou demais? Para todas as mulheres que lutam e tanto se sacrificam para educar bem os seus filhos. Para fazer deles pessoas à sua imagem, homens de bem.

Há quem esteja disposto a dar a vida, ou o seu tempo de vida, para salvar alguém, por amar mais... É assim Zeca, o protagonista. Uma pessoa dotada de valores, com um enorme sentido de justiça, que nem sempre escolhe o caminho provável para ajudar quem ama, mas que nunca tem dúvidas sobre o que é prioritário: proteger os seus. É isso que o leva à prisão, quando aceita dar-se como culpado por um crime que não cometeu em nome de outrem para salvar a vida da sua mãe.

Por a amar demais, Zeca abdica da sua própria liberdade, e do amor que Ema sente por ele. E quando percebe que foi enganado e que o seu sacrifício foi em vão, em vez de se revoltar, é resiliente. E prepara-se para o que será́ o dia do grande embate: o momento em que vai poder fazer justiça por tudo o que passou.

Zeca fica preso durante mais de 15 anos, mas quando sai está determinado a descobrir quem foram as pessoas que o traíram. Quer fazer justiça pelos anos perdidos, mas quer também provar a sua inocência. Quer ter o direito de recomeçar de novo, com a ficha limpa. E se para isso tiver de fazer algo que não deve no caminho, tudo bem: a pena já a cumpriu por antecipação.

Um homem que sabe bem o que quer, sem que isso o torne calculista, frio ou incapaz de sentir ou amar... Talvez isso seja o seu lado feminino a manifestar-se, fruto de ter crescido com uma mãe e quatro irmãs. Afinal, não dizem que as mulheres são feitas para aguentar todo o tipo de provações? Zeca é uma versão de calças destas mulheres lutadoras. O filho que se sacrifica pela mãe. O irmão protetor. O homem que pela mulher que ama roda o mundo. O pai que pela filha se descobre um novo homem, capaz da força de um leão.

Zeca é um hino às mulheres que o educaram, porque o mundo em que vivemos pode ser considerado ainda dos homens, mas é do ventre das mulheres que eles nascem, são elas quem os educam, são a sua maior influência. O que mostra que na realidade o mundo está nas mãos das mulheres, a quem compete fazer dos seus filhos: homens tolerantes, homens amorosos que as amem e respeitem acima de tudo, que as tratem como iguais.

O elenco conta com caras como Fernanda Serrano, Ricardo Carriço, Lia Gama, Maria Emília Correia, Estrela Novais, Ana Guiomar, Graciano Dias, Ana Varela, Sérgio Praia, Sofia Ribeiro e muitos outros.

 

Produção
José Retré
Direção de Projeto
António Correia
Realização
Joel Monteiro
Rafael Rahal
Roberto Roque
Rodrigo Duvens Pinto
Cenografia
Catarina Amaro
Produção Musical
António Lopes
Sonoplastia
Samuel Silva
Consultoria Geral
José Eduardo Moniz
Uma Produção Plural para a TVI
 

Ficha Técnica

Título Original: Raul e Peter preparam morte de Zeca
Categoria: Novela nacional
Favoritos

Partilhar

Relacionados

Últimos Episódios

Populares