Lei da procriação após a morte "prevê o consentimento do pai"

Sex, 26 mar 2021

A constitucionalista Teresa Violante explica que a lei que define os critérios para a procriação após a morte prevê o consentimento do futuro pai, estabelecendo um acordo por escrito em que a pessoa concorda com este projeto de parentalidade. 

De 2ª a 6ª feira, das 10h00 às 12h00, Raquel Matos Cruz vai falar sobre os temas da atualidade, num programa em que os espetadores são convidados a participar por telefone, whatsapp ou redes sociais. 

Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Populares