Caminho de Santiago: da estrada aos albergues

Ter, 19 jul 2016

Estrada fora, a cada 15 ou 20 quilómetros, os peregrinos têm de parar, tomar um banho, lavar a roupa e descansar para mais uma jornada. É nos albergues que os desconhecidos trocam palavras, ideias e explicam o que motiva a caminhada. Reportagem: Paulo Bastos. Imagem: Miguel Bretiano

Um caminho de viagem que terminou em Compostela a 25 de Julho, data religiosa de grande importância, que equivale ao dia 13 de Maio, em Portugal.

Mas fazer o Caminho de Santiago já não é apenas um itinerário religioso. Muitos ateus o fazem, numa espécie de “turismo radical”, que lhes permite uma descoberta interior, ao mesmo tempo que contactam de perto com a natureza e com quase mil anos de História.

Mais de 260 mil pessoas fizeram o caminho, no ano passado. E os caminhos portugueses são já os segundos mais frequentados, por quem quer viver esta experiência.

São essas as rotas que os repórteres da TVI Paulo Bastos e Miguel Bretiano seguiram.

Favoritos

Partilhar

Últimos Vídeos

Populares