EP 19 Clara visita Lourenço na prisão

Episódio 19 de «Para Sempre».

Qui, 2 dez 2021 22:30 TVI

Neste episódio

Alcino (Rui Melo), Antero, Elias (António Capelo) e Delfina (Ana Nave) estão na Casa do Povo à espera do Tozé (Paulo Pires) quando Gil (Gustavo Alves) chega em representação da família. Delfina fala sobre a procissão e os pagamentos, Alcino acha que não devia ser ela. Maria das Dores (Patrícia Tavares) pede desculpa pelo atraso, conta que Lourenço (Pedro Sousa) se mudou para a quinta porque Antónia (Marina Mota) o acusou de ser traficante de medicamentos.

Tozé não se entende com o aspirador, Anabela (Susana Medes) fala sobre Lourenço ter desviado medicamentos quando recebe uma chamada de Beatriz (Sara Prata) a desabafar sobre o marido que voltou a deixá-la sozinha. Anabela aconselha-a a fazer uma lista de tarefas para o prender lá em casa.

Tozé chega a casa e Beatriz entrega-lhe uma lista de tarefas. Beatriz aponta para as coisas e dá-lhe ordens. Tozé cumpre assoberbado. Beatriz vê Tozé a entrar completamente exaurido, ela finge-se doente, liga a Anabela e avisa que a lista resultou. Anabela diz que está melhor da barriga, mas vai continuar a aproveitar as mordomias até ao arraial, Beatriz diz que fará o mesmo e que também vai ao arraial, Tozé desespera.

Na casa dos Novais,  Lourenço entra e avisa que voltou a casa. Antónia diz-lhe que não vai retirar a queixa e Lourenço responde que a culpa é dela, Antónia diz que só lhe meteu um travão para o bem dele.

Elias desculpa por chatear Pedro (Diogo Morgado) para patrocinar a festa, pergunta como estão as coisas com Clara (Inês Castel-Branco) quando são interrompidos por Eva (Matilde Mello Breyner), que quer falar sobre Lourenço.  

Natália (Carmen Santos) dorme profundamente. Lourenço entra com uma mala já feita e o guarda-joias da mãe. Retira um maço de notas escondido na cama e despeja o guarda-joias para dentro da mala. Dá um beijinho na testa de Natália e sai.

Eva conta a Pedro que Lourenço foi constituído arguido e que vai fugir. Diz-lhe que deu documentos falsos e pergunta o que Pedro vai fazer com a situação e refere ainda que esta nas suas mãos. Eva confessa que ajudou Lourenço com os documentos falsos, mas está ali para ajudar Pedro e denunciar Lourenço.

Lourenço está quase a chegar à fronteira com Espanha, quando vê a polícia a fazer-lhe sinais, é parado e encaminhado para a esquadra. Lourenço está na esquadra algemado, quando dois agentes avisam-no que por ter sido apanhado em fuga tem de ficar detido até ser presente a juiz.

Clara chega à esquadra com o advogado Paulo Cerqueira, ele avisa que o processo complicou com a tentativa de fuga. Clara está desiludida, diz que os agentes receberam uma denúncia que ele estaria a fugir.

No escritório de Pedro, Clara acusa-o de ter denunciado Lourenço, ele nega. Clara insiste que Lourenço vai pagar pelos seus crimes, ao contrário dele, que fugiu.

Natália vê o guarda-joias da filha na sua cómoda e repara que está vazio. Joana chega ao quarto da avó e conta-lhe que Lourenço foi detido por ter sido apanhado a fugir. Natália percebe que foi ele que levou as joias de Antónia, mas defende o neto quando Delfina questiona se Lourenço para além de traficante agora também é ladrão, e começa a sentir-se mal.

Tozé chega a casa e vê Anabela na cama apenas tapada com uma toalha e começa a despir-se, mas Anabela manda-o vestir-se, pois está a precisar de uma massagem e diz que continua mal-disposta. Tozé acha melhor chamar o médico por Anabela ainda se estar a sentir mal.

Pedro seduz Raquel para saber informações de quem fez a denúncia de Lourenço, ela avisa que foi de um telemóvel descartável. Pedro pensava que seria uma informação mais sólida e Raquel acaba por se ir embora.

Antónia avisa a mãe e a filha que Lourenço fica em prisão preventiva até julgamento. Natália pede-lhe para tirar a queixa, ela recusa-se a apoiar um traficante e sai. Natália diz que é o segundo filho que abandona, Joana ouviu o que a avó disse, mas Natália disfarça.

Bento (Luís Esparteiro) está admirado porque Antónia não apoia o filho e põe a clínica à frente dele. Antónia diz que dá apoio à maneira dela.

Tânia (Mafalda Marafusta) avisa que há jornalistas a quererem informações e os pacientes não param de cochichar. Antónia sai, seguida pelos jornalistas.

Na cela, um detido tenta meter-se com Lourenço, mas ele não lhe responde. O mesmo detido fica irritado e atira-o para o chão e reclama que o beliche de cima é dele. Um guarda diz que Lourenço tem uma visita.

Clara visita Lourenço e partilha com ele a sua desconfiança sobre ter sido Pedro a denunciá-lo. Lourenço exalta-se e garante tirar a limpo quando sair da prisão. Clara lembra-o que a culpa de estar ali é apenas dele e promete ajudá-lo na defesa.

Pedro acusa Eva de ter denunciado Lourenço e agora está ele a levar com as culpas. Eva diz que não foi ela e que César (Pedro Almendra) também sabia. Eva diz que pode tentar arranjar provas que tenha sido ele a denunciar, se tiver o seu emprego de volta.

Na sala de chá, Felícia (Sofia Grillo) desabafa com Antónia que Mafalda (Beatriz Frazão) está sempre a implicar e que César não ajuda a educá-la. Antónia comenta que Joana também é assim e que vai distanciar-se do filho, não quer manchar a sua reputação com o tráfico de medicação.

Rafa chama Felícia para a arrecadação, Antónia desconfia que têm um caso mas Felícia diz que ele é gay.


Sobre «Para Sempre»

Pedro é um homem enigmático com um único objetivo: reconquistar Clara, o seu amor de juventude. No entanto, essa reunião é quase impossível. Sobretudo, porque ela está noiva do seu irmão Lourenço, o homem a quem Pedro salvará a vida. E o que fará Lourenço quando perceber que o seu salvador pode, afinal, roubar-lhe tudo?

 

Diogo Morgado, Inês Castel-Branco e Pedro Sousa formam o triângulo central da trama de autoria de André Carvalho.

Ficha Técnica

Título Original: Clara visita Lourenço na prisão
Categoria: Novela nacional
Formato: Outro
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Populares