EP 150 Mateus captura Ana!

Episódio 150

Qui, 10 set 2020 21:45 TVI

Neste episódio

Machado (Pedro Hossi) diz que foi só no início que esteve com Patrícia (Leonor Seixas). Ela mente, diz que estiveram sempre juntos. Maria (Mafalda Marafusta) dá um estalo a Machado e sai em lágrimas.

Maria entra para a carrinha, limpa as lágrimas, recebe uma chamada de Machado, não atende e segue caminho.

Vitória (Sara Barradas) para de correr, acha que Ana (Madalena Aragão) precisa de comer e dá-lhe metade de uma sandes. Mateus (Pedro Sousa) observa Ana e Vitória a comerem, quando é surpreendido por João (Isaac Alfaiate) que lhe pergunta o que está ali a fazer.

João grita para Vitória e Ana fugirem. Mateus, frustrado, começa a lutar com João. Vitória aproxima-se para perceber o que se passa e, alarmada, regressa para perto de Ana, mas a jovem já não está lá.

Ana corre em direção a casa, mas começa a perder as forças e cai de joelhos no chão, vendo tudo desfocado.

Vitória está junto a João, que está a sangrar, e pede para ele se aguentar, porque precisa de descobrir onde está Ana.

Vitória percorre o caminho que Ana fez. Lucas (Filipe Vargas) aparece alertado pelos gritos. Vitória conta-lhe que Ana desapareceu e João acusa Mateus.

Ana, inconsciente, é depositada na cama improvisada de Mateus. O Santa Cruz liga a carrinha e acelera a toda a velocidade.

Lucas fica revoltado com Vitória por terem ido correr, e ela chora.

Madalena (Anna Eremin) desinfeta a ferida de João, quando sente o hálito a álcool. João conta a discussão com Carlos (João Vicente) e diz que não se conseguiu controlar. Madalena avisa-o de que tem de voltar à estaca zero e passar por tudo outra vez.

Lucas está nervoso por Machado ainda não ter chegado. Vitória quer arranjar maneira de recuperar Ana.

Marcos (Pedro Teixeira) faz uma grande encomenda à PH Natural. Nesse momento, recebe uma chamada de Raquel (Sofia Baessa), que lhe pede para analisar documentos. Marcos volta a insistir que quer assinar o contrato.

Alfredo (Luís Esparteiro) e Joana (Marina Mota) preparam-se para sair.

Lucas está preocupado por Ana estar em perigo. João descreve como Mateus estava vestido e Vitória pede para falar a sós com Machado.

Vitória insiste em ser o isco para Mateus. Machado não a pode colocar em risco e recusa-se a quebrar as normas.

Isabela (Inês Herédia) recorre a Marcos para falar com Mateus. O Santa Cruz liga ao irmão e pede-lhe não fazer mal à sobrinha. Isabela tenta convencê-lo a largar Ana, mas Mateus desliga. Marcos quer entrega-lo, mas Isabela não deixa. Marcos dá-lhe o telemóvel e avisa-a de que não se responsabiliza por nada do que aconteça.

Ana começa a acordar, não se sente segura e quer ir para casa. Mateus oferece-lhe uns brincos e manda-a colocá-los.

Elvira (Ana Bustorff) avisa que Isabela não está e que não sabe onde foi. Machado liga para Fonseca. Ele avisa Machado que está a ver Isabela a sair de casa de Marcos e agradece a confiança do inspetor.

Ana repara numa faca e deixa-se levar na conversa de Mateus.

Carlos vê a carrinha de Maria, encontra-a a chorar e fica preocupado. Maria não quer voltar ao café de Patrícia e pede para ir a casa dele.

Lucas conduz nervoso. João acha que deviam ter aguardado ordens do inspetor, mas Lucas sublinha que não vai parar até encontrar a filha.

Isabela guarda o telemóvel que Marcos lhe deu para falar com Mateus, sai do quarto a compor a farda. Machado observa-a a afastar-se. Machado vasculha o quarto todo, e fica frustrado por não encontrar nada.

Vitória tenta manipular Isabela e lembra-a de que ele não se controla com mulheres e que vai acabar por fazer mal a Ana.

Machado começa a arrumar as coisas que desarrumou, deixa cair os livros e a bíblia abre-se: nesse momento vê o telemóvel para falar com Mateus, e faz uma chamada para rastrear o número.

Ana está deitada no colchão. Mateus olha-a com amor e faz-lhe uma festa no rosto. A jovem sente nojo, mas disfarça.

Carlos e Maria entram, envolvidos aos beijos, mas não sentem química e param, combinando ser só amigos. Maria acaba por revelar que se apaixonou.


Sobre «Quer o Destino»

QUER O DESTINO é a história de amor e de vingança de uma mulher que, já adulta, regressa ao local onde foi violada e onde virá a ser surpreendida com a sua capacidade de superação e, também, com algumas das mais vis expressões de maldade humana.

A vida de Vitória, uma jovem ribatejana apaixonada por animais e pela arte da falcoaria, dá uma volta de 180 graus no dia em que é violada e assiste ao homicídio do pai. Com receio de ser também morta, e com o desejo de esquecer tudo o que tinha passado, Vitória foge para Lisboa, com a firme decisão de nunca mais pisar a sua terra natal. Como a vida dá muitas voltas, 14 anos depois, Vitória regressa à casa de família dos seus violadores. É enfermeira e fisioterapeuta da mãe desses homens, Catarina, que sofreu um AVC e está em recuperação. Apesar da dureza de carácter, Catarina, a matriarca da família Santa Cruz, deixa-se prender pela simpatia e pela dedicação de Vitória. Fará tudo por ela até ao momento em que percebe que a sua vida pode pôr em risco a vida dos próprios filhos.

 

Carlos, o capataz da Herdade do Cruzeiro, herdade dos Santa Cruz, namorado de adolescência de Vitória, reconhece-a de imediato, apesar da sua profunda alteração física e psicológica. Depois de saber o que aconteceu 14 anos antes, Carlos põe-se à sua disposição para a descoberta de toda a verdade, com uma única condição: não quer participar em vinganças. No entanto, no decurso da novela, Vitória será constantemente surpreendida com o que é capaz de fazer para vingar a morte do pai e pela forma como uma paixão recente, mas intensa, lhe permite retomar o curso normal da sua vida, de certa forma em suspenso desde a violação.

Esta protagonista, fruto do seu passado, fará muitas coisas criticáveis mas, em boa verdade, será impossível não simpatizar com ela. Apesar do seu percurso sinuoso, consegue vencer os seus medos e os seus inimigos.

Ficha Técnica

Título Original: Mateus captura Ana!
Categoria: Novela nacional
Formato: Outro
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Populares