EP 217 Mário e Leonor despedem-se em sofrimento

Em «Prisioneira», Mário (Vítor Hugo) decide terminar a relação com Leonor (Sara Prata) para evitar um ambiente, ainda mais, tóxico para ela e para o filho. A advogada fica em lágrimas e o pai de Tomé (Tiago Teotónio Pereira) sai de casa, depois de se beijarem apaixonadamente.

Qui, 20 fev 2020 23:00 TVI

Neste episódio

Telma (Julie Sergeant) desabafa com James (Graciano Dias) e conta que é Samira (Vera Kolodzig) que tem Glória (Kelly Bailey) e ele questiona-se o que terá ela descoberto.

Tomé (Tiago Teotónio Pereira) conversa com uma rapariga sobre a sua vida familiar, quando Vítor (Diogo Infante) chega, agarra-o e diz-lhe, ao ouvido, que o melhor é ficar a não ser que não queira ver mais o filho. Vítor pressiona Tomé que acaba por confessar que foi ele que levou Glória.

Chaves (Carlos Oliveira) pensa que alguém anda a gozar com a eles, quando recebe uma chamada a confirmar que o corpo de Murilo (Cassiano Carneiro) foi encontrado pela Guardia Civil.

Diogo (Paulo Pires) questiona a hipótese de Vanessa ter raptado Nuno, já que também ninguém sabe dela. Leonor põe a possibilidade de também a terem levado.

Graça (Sandra Faleiro) fica furiosa com Leonor, por rejeitado a chamada. Tomé, que tem Nuno ao colo, diz que vai levar o filho para casa.

Vítor conta, a Lídia, que Tomé tratou tudo por mensagem. Lídia quer contar à polícia o que sabem, mas Vítor discorda.

Samira aproxima-se de Jamal (Miguel Amorim), que tem uma arma escondida, e diz-lhe que tem de fugir país. Jamal desculpa-se com o antibiótico e empunha a arma. Samira vira-se e a oportunidade perde-se, tal como a coragem dele.

Fátima (Rita Ribeiro) apresenta melhoras visíveis e Glória conclui que ela só está viva por causa daquele papel, mas Fátima volta a repetir que não o assina.

Samira dá o antibiótico a Jamal e pega na arma que ele voltou a esconder, perguntando ao filho se lhe pode explicar o que se passa. Samira fica perplexa com a atitude de revolta do filho, que a acusa de tudo, e Samira percebe que Jamal não está bem.

Vítor ouve Telma a contar que foi Samira a responsável pelo rapto da sua filha. O pai de Teresa (Joana Ribeiro) agradece-lhe e promete que Fredy (Lourenço Ortigão) não terá conhecimento de que ela sabia.

Samira percebe que a atitude de Jamal era fingida e dá-lhe um sedativo para quando o filho acordar já estar numa clínica psiquiátrica.

Mário (Vítor Hugo) chega à conclusão de que não é a melhor altura para ele e Leonor estarem juntos, querendo afastar-se. Leonor fica desolada.

Helena (Lia Gama) está de saída para a fundação com Cecília (Susana Arrais), quando chega Mário e oferece boleia no carro de serviço. Acácio fica perplexo, e Mário esclarece que foi uma estupidez pedir-lhe para guardar segredo sobre o facto de ele trabalhar como motorista. 


Sobre «Prisioneira»

Um médico muçulmano, revolucionário mas não fundamentalista, luta por um mundo mais justo e menos fraturado.

Apaixona-se loucamente por uma portuguesa e resgata-a de uma vida pouco fértil de amor.

No entanto, este resgate torna-se num cativeiro que ninguém previra e num combate desigual pela guarda de uma criança.

A intriga, que decorre entre Lisboa e um país do Magrebe, é protagonizada por um amor entre crenças e tradições diferentes, para sempre afetado por um atentado terrorista.

Ficha Técnica

Título Original: Mário e Leonor despedem-se em sofrimento
Categoria: Novela nacional
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares