EP 117 Ana fica perturbada ao pensar em Mateus

Episódio 117

Qui, 6 ago 2020 21:45 TVI

Neste episódio

Lucas (Filipe Vargas) acha que Vitória (Sara Barradas) devia ter avisado da sua visita. A enfermeira diz que respeitou os desejos de Ana (Madalena Aragão) e que ela é a pessoa mais importante da sua vida.

Lucas repara nas diferenças de Vitória, e ela conta que passou a ver a vida de maneira diferente desde o coma, pois percebeu que as pessoas não são o que parecem, e que ele foi embora sem saber se ela sobrevivia.

Ana está diante do espelho, vê o reflexo da sua imagem, vê metade do rosto de Mateus (Pedro Sousa) e sente-se um monstro.

Elvira (Ana Bustorff) acompanha Cartaxana (Luís Lucas) à porta e lamenta que ele não durma lá em casa. A governanta vai fumar um charro e diz a Joana (Marina Mota) que ela precisa de rejuvenescer, pois desde que Alfredo (Luís Esparteiro) se foi embora, parece que ficou viúva e incentiva-a a fumar.

Hugo (Rodrigo Paganelli) tenta levar Carlos (João Vicente) para casa, mas este insiste para o pai cantar. Alfredo canta um fado triste deixando o ambiente do café em baixo.

Joana desabafa sobre Alfredo e Elvira incentiva-a a procurar outro homem. A mãe de Carlos e de Hugo diz que não seria capaz e sente-se um trapo. Elvira mostra-lhe vários vestidos de Catarina (Maria José Pascoal), mas ela recusa usar as coisas da patroa e vai receber Pilar (Maria Marques) e Diogo (Luís Henrique).

Alfredo termina a atuação. Carlos adormeceu, deixando Hugo e Sandra preocupados. Vitória conta à irmã que Ana está pior, e lamenta que a festa de anos tenha corrido assim. Maria (Mafalda Marafusta) diz que Carlos veio à procura dela. A enfermeira tenta despertá-lo, mas ele volta a desmaiar.

Machado (Pedro Hossi) entra à procura de um quarto, Patrícia (Leonor Seixas) percebe que é o irmão de Nuno (Diogo Lopes) e acha-o mais jeitoso.

Ana diz a Lucas que só pensa em Mateus, e pede-lhe para a deixar só.

Patrícia mostra o quarto a Machado e pergunta o que faz por lá, e ele revela que está a investigar um caso.

Marcos (Pedro Teixeira), perdido nos seus pensamentos, recorda quando matou Carla (Ana Sofia Martins) e quando foi interrogado.

Rita (Maya Booth) dá fruta à filha quando recebe chamada de Fernando que a avisa que não tem mais dinheiro e que ela devia ter mais cabeça, por já ter gasto um milhão.

Edite despede-se de Vitória e Maria. Como Vitória gosta de estar com Maria, diz-lhe que está a pensar mudar-se para ali. E, apesar da sua história com Lucas ter acabado, quer ajudar Ana.

Elvira serve Lucas, e ele pede à governanta e a Isabela que jantem com ele, por serem uma família.

Joana está triste com estado de Carlos, mas sente-se feliz por Sandra ter ido morar lá para casa, pois assim não pensa em Alfredo.

Maria cruza-se com Machado no corredor e olha-o de maneira interessada.

Hugo e Sandra estão apaixonados e ela confessa que ele lhe faz bem e que ajudou-a muito. A jovem diz que nunca pensou que a vida dela mudasse tanto depois da morte de Carla. Hugo diz-lhe que está a fazer um bom trabalho com as crianças, mas que precisa de relaxa. Os dois beijam-se e fazem amor.

Machado tenta adormecer, mas alguém bate à porta. Ele abre e umas mãos femininas empurram-no para cima da cama.

Carlos acorda no carro, leva a mão à cara envergonhado por estar outra vez de ressaca. O filho de Joana entra em casa e pergunta a Hugo e a Sandra se Vitória está de volta. O irmão conta-lhe que ele andou aos gritos no aniversário dela.

Patrícia sai de um quarto cautelosa, para não ser vista por ninguém, e sente um misto de sentimentos por ter traído Alfredo.

Isabela acorda sobressaltada e desata a chorar. Olha-se no espelho, limpa as lágrimas, orgulhosa de estar a sobreviver ao desgosto que Mateus lhe provocou.

Um enfermeiro ajuda Mateus (Pedro Sousa) a ir para o banho e ele dopado chama por Isabela (Inês Herédia).

Joana faz a cama de Carlos, quando o filho aparece e diz à mãe que tem vontade de mudar.

O capataz vai ao café com o intuito de encontrar Vitória, quando alguém lhe salta para as cavalitas, abraçando-o com força e pergunta se teve saudades. O filho de Joana assusta-se com Maria e diz-lhe que não lhe pode dar aquilo que ela merece e pergunta por Vitória. Ela responde que a irmã foi embora.

Alfredo acorda e afasta-se de Patricia com medo que ela queira ter sexo, mas ela avisa que teve um sonho revitalizante e tem de ir para o café.

Lucas diz a Ana que tem de se despachar para ir à escola. A jovem diz não quer ir por toda a gente saber quem são os seus pais biológicos. Lucas não desarma e manda-a vestir-se.

Machado sorri para Patrícia e ela manda-o ter cuidado porque o namorado está na cozinha, deixando-o surpreendido por ela ser comprometida. Nuno chega e abraça o irmão.

Vitória lembra Rute que ali está em segurança, apresenta-lhe a advogada que lhe explica os procedimentos.


Sobre «Quer o Destino»

QUER O DESTINO é a história de amor e de vingança de uma mulher que, já adulta, regressa ao local onde foi violada e onde virá a ser surpreendida com a sua capacidade de superação e, também, com algumas das mais vis expressões de maldade humana.

A vida de Vitória, uma jovem ribatejana apaixonada por animais e pela arte da falcoaria, dá uma volta de 180 graus no dia em que é violada e assiste ao homicídio do pai. Com receio de ser também morta, e com o desejo de esquecer tudo o que tinha passado, Vitória foge para Lisboa, com a firme decisão de nunca mais pisar a sua terra natal. Como a vida dá muitas voltas, 14 anos depois, Vitória regressa à casa de família dos seus violadores. É enfermeira e fisioterapeuta da mãe desses homens, Catarina, que sofreu um AVC e está em recuperação. Apesar da dureza de carácter, Catarina, a matriarca da família Santa Cruz, deixa-se prender pela simpatia e pela dedicação de Vitória. Fará tudo por ela até ao momento em que percebe que a sua vida pode pôr em risco a vida dos próprios filhos.

 

Carlos, o capataz da Herdade do Cruzeiro, herdade dos Santa Cruz, namorado de adolescência de Vitória, reconhece-a de imediato, apesar da sua profunda alteração física e psicológica. Depois de saber o que aconteceu 14 anos antes, Carlos põe-se à sua disposição para a descoberta de toda a verdade, com uma única condição: não quer participar em vinganças. No entanto, no decurso da novela, Vitória será constantemente surpreendida com o que é capaz de fazer para vingar a morte do pai e pela forma como uma paixão recente, mas intensa, lhe permite retomar o curso normal da sua vida, de certa forma em suspenso desde a violação.

Esta protagonista, fruto do seu passado, fará muitas coisas criticáveis mas, em boa verdade, será impossível não simpatizar com ela. Apesar do seu percurso sinuoso, consegue vencer os seus medos e os seus inimigos.

Ficha Técnica

Título Original: Ana fica perturbada ao pensar em Mateus
Categoria: Novela nacional
Formato: Outro
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares