EP 169 Joana torna-se cúmplice de Elvira

Episódio 169

Qui, 8 out 2020 22:50 TVI

Neste episódio

Vitória já está pronta para a cerimónia. Maria, de ressaca, pede comprimidos. Vitória manda-a ir à farmácia.

Elvira conta a Cartaxana o que aconteceu na noite anterior, e riem-se divertidos. Elvira diz-lhe que aquele é o dia mais importante da sua vida, e ele concorda.

Alfredo, preocupado ao ver Joana naquele estado de ressaca, acha melhor cancelar a festa. Sandra acha que ela só precisa de um pouco de repouso.

Maria conta como foi a festa a Machado, e vai buscar um comprimido dele para se livrar da ressaca.

Hugo vê um vídeo de Elvira a confessar morte de Catarina (Maria José Paschoal) e fica em choque, sem saber o que fazer.

Alfredo não entende tanto segredo e Joana pede-lhe para sair, para se arranjar. Alfredo estranha ver Hugo nervoso e ele conta que tem um vídeo de Elvira a confessar que matou Catarina.

Elvira despede-se de Cartaxana para se começar a arranjar, diz que gosta mesmo dele e que terão um dia muito feliz.

Alfredo e Hugo dizem a Joana que não pode ser conivente com Elvira. Joana não percebe do que eles falam, eles contam sobre o vídeo de Elvira a confessar que matou Catarina. Carlos liga para Machado.

Maria está muito indisposta, e diz a Vitória que já vomitou e que esteve a tomar os medicamentos de Machado.

Joana fica em choque a ver o vídeo onde se subentende que Elvira assume a responsabilidade da morte de Catarina e sai alarmada.

Carlos, ao telemóvel com Machado, diz-lhe que Joana sabe quem matou Catarina e tem provas. Machado está a sair.

Vitória pergunta-lhe que comprimidos tomou. A enfermeira percebe que aquilo é muito forte e que vai ter de levar Maria para o hospital. Machado quer ir também, mas tem de ir à Herdade porque Elvira matou Catarina.

Elvira já está preparada para o casamento, mas Joana conta que Hugo viu um vídeo dela a falar da morte de Catarina e se não fugir vai ser presa. Elvira agradece a Joana por tudo, enquanto Joana chama um táxi.

Machado coloca Maria no carro de Vitória e pede-lhe para lhe ir dando notícias.

Cartaxana e Lucas veem Joana a chorar. Carlos chega e conta que tem um vídeo de Elvira a confessar morte de Catarina.

Lucas e Carlos procuram Elvira. Lucas pergunta se ele tem a certeza de que ela matou Catarina. Carlos refere que ela confessou.

Joana diz a Cartaxana que ajudou Elvira a fugir, enquanto Elvira está deitada no banco de trás do táxi.

Carlos e Lucas  encontram Camila (Núria Madruga) e contam que receiam que já não haja cerimónias.

Carlos e Lucas vasculham a casa inteira e não encontram nada. Os empregados de catering preparam tabuleiros com comida, e assustam-se com a entrada de Carlos e de Lucas, que continuam à procura de Elvira.

Carlos pergunta a Joana se contou a Elvira. A cozinheira mente, e sulinha que Elvira matou Catarina por não a perdoar de ela ter matado Bernardo.

Cartaxana, abalado, pede a Joana que faça a sua festa à mesma e pergunta-lhe se acredita que Elvira matou Catarina. Joana não acredita e ele diz que também não.

Joana diz a Alfredo (Luís Esparteiro) que não devem continuar a festa. Patrícia (Leonor Seixas) chega, vê Joana em péssimo estado, apoia-a. Alfredo acha que está a ver mal.

Machado entra de rompante e segue para a sala, apressado. Lucas acusa-o de ter chegado atrasado e de deixar escapar todos os criminosos.

Uma vizinha estranha Esperança andar a falar. Esperança responde que nunca está sozinha porque Gaspar está sempre com ela. A vizinha sabe que ele morreu, mas Esperança diz que ele nunca a abandona.

Carlos vê Camila a fumar. A professora desequilibra-se e quase cai. Carlos segura-a e olha-a intensamente.

Ana (Madalena Aragão) liga a Vitória e diz que Herdade está uma confusão. Vitória não pode deixar Maria, que está no hospital, mas liga assim que conseguir.

Alfredo acha que amizade de Joana e de Patrícia leva água no bico e Patrícia, sem paciência para ele, avisa que não quer mais nada com ele.

Carlos pergunta à mãe se ajudou Elvira a fugir e se acha que vale a pena arriscar-se por outra pessoa. Joana diz que não tem de lhe dar explicações.

Cartaxana mostra a Machado as roupas de Elvira e diz que não acredita que ela tenha matado Catarina. Machado lembra-o de que as provas estão contra ela.

Mateus (Pedro Sousa) tenta explicar a Esperança não pode contar nada a ninguém da existência deles, e promete nunca a deixar ir para o lar.

Sandra (Marta Faial) prepara Diogo e Pilar para a cerimónia, pergunta se Rita (Maya Botth) os trata bem, e eles acham que ela não fala.

Fonseca mente a Machado sobre onde estava. Machado não está convencido de que Elvira seja a assassina de Catarina e quer continuar à procura de Mateus e de Isabela (Inês Herédia).

Patrícia, Hugo (Rodrigo Paganelli), Sandra, Diogo e Pilar entram. Alfredo vem com Joana ao colo, satisfeitos por a cerimónia ter acontecido, depois do que se passou com Elvira.


Sobre «Quer o Destino»

QUER O DESTINO é a história de amor e de vingança de uma mulher que, já adulta, regressa ao local onde foi violada e onde virá a ser surpreendida com a sua capacidade de superação e, também, com algumas das mais vis expressões de maldade humana.

A vida de Vitória, uma jovem ribatejana apaixonada por animais e pela arte da falcoaria, dá uma volta de 180 graus no dia em que é violada e assiste ao homicídio do pai. Com receio de ser também morta, e com o desejo de esquecer tudo o que tinha passado, Vitória foge para Lisboa, com a firme decisão de nunca mais pisar a sua terra natal. Como a vida dá muitas voltas, 14 anos depois, Vitória regressa à casa de família dos seus violadores. É enfermeira e fisioterapeuta da mãe desses homens, Catarina, que sofreu um AVC e está em recuperação. Apesar da dureza de carácter, Catarina, a matriarca da família Santa Cruz, deixa-se prender pela simpatia e pela dedicação de Vitória. Fará tudo por ela até ao momento em que percebe que a sua vida pode pôr em risco a vida dos próprios filhos.

 

Carlos, o capataz da Herdade do Cruzeiro, herdade dos Santa Cruz, namorado de adolescência de Vitória, reconhece-a de imediato, apesar da sua profunda alteração física e psicológica. Depois de saber o que aconteceu 14 anos antes, Carlos põe-se à sua disposição para a descoberta de toda a verdade, com uma única condição: não quer participar em vinganças. No entanto, no decurso da novela, Vitória será constantemente surpreendida com o que é capaz de fazer para vingar a morte do pai e pela forma como uma paixão recente, mas intensa, lhe permite retomar o curso normal da sua vida, de certa forma em suspenso desde a violação.

Esta protagonista, fruto do seu passado, fará muitas coisas criticáveis mas, em boa verdade, será impossível não simpatizar com ela. Apesar do seu percurso sinuoso, consegue vencer os seus medos e os seus inimigos.

Ficha Técnica

Título Original: Joana torna-se cúmplice de Elvira
Categoria: Novela nacional
Formato: Outro
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares