EP 78 Carla humilha Rita

Episódio 78.

Sáb, 20 jun 2020 21:50 TVI

Neste episódio

Vitória (Sara Barradas) levanta-se, prepara a roupa e sai determinada.

Lucas (Filipe Vargas), deitado, olha para o roupeiro e encerra o ciclo que o ligava a Rita (Maya Booth).

Mateus (Pedro Sousa), deitado na cama, tem o terço na mão e chora silenciosamente.

Marcos (Pedro Teixeira) serve-se de um copo de whisky, farta-se da delicadeza e senta-se no sofá a beber pela garrafa.

A cama de João (Isaac Alfaiate) está intocada. Junto à cama está Catarina (Maria José Pascoal), de joelhos, que reza fervorosamente.

Vitória vai ao local onde nasceu a filha e uma enfermeira dá-lhe o nome da assistência social que tratou do seu processo.

Maria (Mafalda Marafusta) repara que Patrícia (Leonor Seixas) está desanimada por Alfredo (Luís Esparteiro) ter voltado para casa e aconselha-a a fazer alguma coisa.

Isabela (Inês Herédia) vai até à Herdade para ver Mateus. Catarina indica que Mateus não quer ver ninguém, deixando-a desolada.

Carla (Ana Sofia Martins) recebe Lucas e acha que ele já soube da gravidez, mas percebe que não estão a falar do mesmo e decide contar que está à espera de um filho de Nuno.

Nuno, descontraído, pesquisa notícias sobre o primeiro trimestre de gravidez, feliz com a nova etapa que o espera.

Carla conta a Lucas que Marcos quase sufocou Sandra (Marta Faial). Lucas percebe que o irmão já não tem nada a perder e estragou a vida a todos, e conta que ele e Rita foram amantes.

Isabela está triste, desabafa com Carlos dizendo que Mateus não a quer ver. Carlos consola-a. Mais calma, Isabela agradece o seu apoio e abraçam-se.

Catarina tira uma fotografia a Carlos e a Isabela e mostra a Mateus. Catarina acha que a prioridade de Isabela devia ser a recuperação dele. Mateus, sem saber no que acreditar, pergunta à mãe se já falou com o padre. Catarina conta-lhe o que Marcos fez na noite anterior.

Maria (Mafalda Marafusta) escolhe algumas roupas dos sacos para si. Nesse momento, Rita chega. Maria avisa Rita de que se não fosse ela, a roupa já estava na igreja.

Alfredo (Luís Esparteiro) e Joana (Marina Mota) dizem que foram ordens de Lucas. Rita, desconsolada, pede ajuda a Alfredo para levar as roupas.

Carlos e Maria envolvem-se e ela assume o controlo da situação. Hugo entra em casa, ouve a agitação vinda dos quartos, acha que é Joana e Alfredo e volta a sair.

Carla vai a casa de Rita e pergunta-lhe se foi ela que esteve com Marcos no motel. Marcos, na cama, ouve a conversa vinda da sala com atenção. Carla mostra-se desiludida por ter acreditado nos seus conselhos quando, afinal, ela andava a dormir com Marcos. Rita não consegue falar. Carla repara no casaco de Marcos e pergunta se está com ele.


Sobre «Quer o Destino»

QUER O DESTINO é a história de amor e de vingança de uma mulher que, já adulta, regressa ao local onde foi violada e onde virá a ser surpreendida com a sua capacidade de superação e, também, com algumas das mais vis expressões de maldade humana.

A vida de Vitória, uma jovem ribatejana apaixonada por animais e pela arte da falcoaria, dá uma volta de 180 graus no dia em que é violada e assiste ao homicídio do pai. Com receio de ser também morta, e com o desejo de esquecer tudo o que tinha passado, Vitória foge para Lisboa, com a firme decisão de nunca mais pisar a sua terra natal. Como a vida dá muitas voltas, 14 anos depois, Vitória regressa à casa de família dos seus violadores. É enfermeira e fisioterapeuta da mãe desses homens, Catarina, que sofreu um AVC e está em recuperação. Apesar da dureza de carácter, Catarina, a matriarca da família Santa Cruz, deixa-se prender pela simpatia e pela dedicação de Vitória. Fará tudo por ela até ao momento em que percebe que a sua vida pode pôr em risco a vida dos próprios filhos.

 

Carlos, o capataz da Herdade do Cruzeiro, herdade dos Santa Cruz, namorado de adolescência de Vitória, reconhece-a de imediato, apesar da sua profunda alteração física e psicológica. Depois de saber o que aconteceu 14 anos antes, Carlos põe-se à sua disposição para a descoberta de toda a verdade, com uma única condição: não quer participar em vinganças. No entanto, no decurso da novela, Vitória será constantemente surpreendida com o que é capaz de fazer para vingar a morte do pai e pela forma como uma paixão recente, mas intensa, lhe permite retomar o curso normal da sua vida, de certa forma em suspenso desde a violação.

Esta protagonista, fruto do seu passado, fará muitas coisas criticáveis mas, em boa verdade, será impossível não simpatizar com ela. Apesar do seu percurso sinuoso, consegue vencer os seus medos e os seus inimigos.

Ficha Técnica

Título Original: Carla humilha Rita
Categoria: Novela nacional
Formato: Outro
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares