EP 79 Ana torna-se cúmplice de Mateus

Episódio 79

Seg, 22 jun 2020 21:55 TVI

Neste episódio

Ana (Madalena Aragão) vai ver Mateus. O veterinário pede à sobrinha para levar uma carta a Isabela, deixando Ana entusiasmada por ajudar o tio.

Marcos aparece e Carla indica que Marcos e Rita foram feitos um para o outro e sai.

Vitória entra no café e pede o almoço, quando vê Lucas entrar e escapa-se. Lucas tenta perceber onde está Vitória. Patrícia (Leonor Seixas) inventa que ela foi a Lisboa.

Isabela abre a porta a Ana, que lhe leva a carta de Mateus. A jovem descobre que Catarina e Elvira (Ana Bustorff) lhe estavam a mentir, e manda uma carta de volta. Carla entra devastada, começa a ter dores muito fortes e pede a Isabela para chamar a ambulância.

Carlos pergunta a Lucas como está, depois do que Rita fez. Ele indica que está focado no trabalho e pede a Carlos para chamar os trabalhadores despedidos, porque quer readmiti-los.

Vitória (Sara Barradas) conversa com Maria (Mafalda Marafusta) ao telemóvel, conta que a assistente social está na Alemanha, e que descobriu que tem uma filha.

Lucas (Filipe Vargas) vai ao hospital ver como está um trabalhador que teve um acidente quando se cruza com Vitória. Lucas conta que Ana (Madalena Aragão) tem saudades dela, e que Mateus (Pedro Sousa) entrou em depressão, perguntando se quer voltar a trabalhar com eles, por todos sentirem a sua falta.

Ana entrega mais uma carta de Isabela (Inês Herédia) a Mateus, e ele lê emocionado. Ana afasta-se do quarto de Vitória quando vê Catarina (Maria José Pascoal) e Elvira (Ana Bustorff) com o almoço e volta ao quarto para avisar Mateus.

Catarina vê Ana e repreende-a, porque já a avisou que Mateus tem de descansar. Ana diz-lhe que só foi dar um beijo ao tio. Catarina diz a Mateus que mandou fazer das suas comidas preferidas. Ele agradece tudo o que a mãe tem feito, e por lhe ter colocado as ideias no lugar. Catarina dá-lhe a medicação. Mateus pede para ela abrir as cortinas e, assim que vira costas, ele tira o comprimido da boca e finge comer.

Marcos (Pedro Teixeira) recebe uma chamada de Rita (Maya Booth) a contar que o pai aceitou dar-lhe dinheiro, e que vai voltar a Lisboa. Marcos diz que um milhão é dele e que vai à Herdade tratar da herança.

Maria comenta a desarrumação do quarto de Vitória. A enfermeira conta-lhe  que se cruzou com Lucas no hospital. Vitória recebe uma chamada de Marília e combinam encontrar-se.

Alfredo (Luís Esparteiro) vê as mensagens dos fãs. Joana (Marina Mota) pede para ouvir um fado dele e cantam. Elvira (Ana Bustorff) entra e, de mau-humor, manda-os fazer menos barulho. Carlos (João Vicente) chega e queixa-se da falta de ajuda de Alfredo.  Ele comenta que os filhos é que têm bom corpo para trabalhar, posi também era assim quando tinha a idade deles.

Alfredo recorda a ajuda de Bernardo quando Carlos nasceu. Joana, incomodada, queima-se, começa a chorar e sai. Carlos olha para Joana desconfiado, por nunca ter visto a mãe a chorar, e repara que ficou assim quando falaram de Bernardo.


Sobre «Quer o Destino»

QUER O DESTINO é a história de amor e de vingança de uma mulher que, já adulta, regressa ao local onde foi violada e onde virá a ser surpreendida com a sua capacidade de superação e, também, com algumas das mais vis expressões de maldade humana.

A vida de Vitória, uma jovem ribatejana apaixonada por animais e pela arte da falcoaria, dá uma volta de 180 graus no dia em que é violada e assiste ao homicídio do pai. Com receio de ser também morta, e com o desejo de esquecer tudo o que tinha passado, Vitória foge para Lisboa, com a firme decisão de nunca mais pisar a sua terra natal. Como a vida dá muitas voltas, 14 anos depois, Vitória regressa à casa de família dos seus violadores. É enfermeira e fisioterapeuta da mãe desses homens, Catarina, que sofreu um AVC e está em recuperação. Apesar da dureza de carácter, Catarina, a matriarca da família Santa Cruz, deixa-se prender pela simpatia e pela dedicação de Vitória. Fará tudo por ela até ao momento em que percebe que a sua vida pode pôr em risco a vida dos próprios filhos.

 

Carlos, o capataz da Herdade do Cruzeiro, herdade dos Santa Cruz, namorado de adolescência de Vitória, reconhece-a de imediato, apesar da sua profunda alteração física e psicológica. Depois de saber o que aconteceu 14 anos antes, Carlos põe-se à sua disposição para a descoberta de toda a verdade, com uma única condição: não quer participar em vinganças. No entanto, no decurso da novela, Vitória será constantemente surpreendida com o que é capaz de fazer para vingar a morte do pai e pela forma como uma paixão recente, mas intensa, lhe permite retomar o curso normal da sua vida, de certa forma em suspenso desde a violação.

Esta protagonista, fruto do seu passado, fará muitas coisas criticáveis mas, em boa verdade, será impossível não simpatizar com ela. Apesar do seu percurso sinuoso, consegue vencer os seus medos e os seus inimigos.

Ficha Técnica

Título Original: Ana torna-se cúmplice de Mateus
Categoria: Novela nacional
Formato: Outro
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares