EP 46 Glória é raptada

Na «Prisioneira», Depois de ser amarrada numa garagem, Glória grita por ajuda. A senhora que a raptou diz-lhe que é empresária e que tem um negócio legal, para o qual Glória vai trabalhar. Desesperada, a rapariga grita.

Neste episódio

Glória continua desaparecida. Fábio (Pedro Tavares) consegue apanhar o sinal do telemóvel da rapariga e percebe que ela está entre Setúbal e Palmela. Fredy (Lourenço Ortigão) está decidido a ir procurá-la.

Graça (Sandra Faleiro) está a beber gin com Lídia (Joana Seixas) e confessa à amiga que pediu o divórcio a Mário (Vítor Hugo) e que encontrou James (Graciano Dias) com outra mulher. Graça desmaia e Beatriz (Catarina Bonnachi) e Carolina (Margarida Corceiro) ficam pasmadas com o seu estado.

Uma enfermeira cuida de Diogo (Paulo Pires), que aproveita uma breve distração da rapariga para agarrar um bisturi. Monique (Benedita Pereira) aparece de arma na mão e consegue comandar a situação. Diogo já percebeu que Monique pertence aos serviços secretos, mas quer saber quem ela é afinal.

Teresa faz a mala e diz que precisa de tempo para pensar sobre o seu casamento. Quando vai a sair de casa, Fátima (Rita Ribeiro) barra-lhe a passagem e tira-lhe o filho dos braços. Omar, atraído pelo barulho, vai à sala e pede à mãe que devolva o bebé a Teresa.

As duas entram numa discussão acesa mas Omar intervém. Teresa instala-se no hotel, ainda nervosa com o que aconteceu em casa de Omar, e pensa no que fazer em relação a Fátima, acabando por dizer a Vítor que pelo filho se tornou mais forte.

Glória apanha boleia de uma senhora idosa. Passado algum tempo, a senhora decide fazer uma paragem para lanchar e entra numa garagem, a porta fecha-se e fica tudo escuro.

Glória (Kelly Bailey) está amarrada e sentada num colchão. A senhora idosa aparece com uma postura completamente diferente daquela com que a abordou inicialmente.

Quando Glória percebe que vai apanhar tomate em troca de alimentação e de abrigo fica boquiaberta.

Teresa (Joana Ribeiro) estranha que o comandante ainda não tenha dado notícias e Vítor (Diogo Infante) volta a dizer que aquela história não o convenceu.

Emocionada, Margarida (Paula Lobo Antunes) abraça Diogo (Paulo Pires) e, de seguida, repreende-o por mais uma vez ter agido contra as suas indicações.

Monique (Benedita Pereira) visita Diogo e revela que é filha do diretor da Mossad. Diogo tenta perceber se Monique está a falar a verdade e porque motivo desapareceu. Ela conta que começaram a levantar-se suspeitas e que não podia revelar a sua verdadeira identidade. Tavares detém Monique por suspeita de ligação ao atentado no aeroporto.

Samira (Vera Kolodzig) diz a Omar (Carloto Cotta) que o facto de Teresa ter ido embora com o filho dele é embaraçoso para a família. Omar está farto de ser julgado e diz que só precisa de uma amiga e ela vinca que é mais do que uma amiga e que nunca o trairia.

Leila (Sofia Aparício) confronta Samira com o que ela anda a fazer e diz-lhe que devia querer ver Omar feliz, ameaçando contar que Omar que foi ela quem roubou a fotografia.

Fredy (Lourenço Ortigão) e Adão estão no café onde esconderam Glória, mas não há sinal dela. Fredy fala com Leandro e ele também não descobriu nada.

Quando Fredy e Adão estão prestes a sair, Fredy repara que uma rapariga veste o blusão de Glória e segue-a.

Glória continua acordada, de olhos postos no teto, quando Fredy aparece. Logo de seguida Fredy é agarrado por trás e levado.

Diogo informa Tavares que Monique alertou para a eminência de outro atentado em Lisboa. Diogo revela que a informação partiu de um casal que está detido em Al Aradhi, e pede permissão para ir lá interrogá-los.

Diogo e Monique caminham para as portas de embarque em picardia.

Fátima (Rita Ribeiro) protesta por Omar fazer as vontades todas a Teresa e não se conforma por Omar ter deixado Teresa levar o filho para morar num hotel.

Omar quer falar com Teresa sobre o baptizado. Teresa não gosta de saber que sacrificam um cordeiro e Omar lembra-a que tem de haver cedências de ambas as partes.

Fredy e Adão estão presos e pensam num plano para sair dali. A senhora idosa entra com Glória amarrada e pergunta qual deles é que a tentou salvar. 

James (Graciano Dias) e Sally acordam apaixonados no hotel. Sally queixa-se do marido e James promete tratar de tudo para ficarem juntos.

Diogo e Monique dirigem-se para o hotel, quando Leila choca com Diogo. Leila e Diogo ficam a olhar um para o outro e Monique repara.

Teresa e Monique abraçam-se e ela acusa a amiga de ter desaparecido, Monique desvia a converda e pega em Hassam ao colo.

O Chefe da polícia fala com Diogo e diz-lhe que está à espera deles para interrogarem o casal. O polícia chama Khalil que parece estar a dormir, mas está morto. Um polícia vê Soraia morta. Diogo e Monique estavam prontos para sair, quando recebem a notícia de que o casal está morto.


Sobre «Prisioneira»

Um médico muçulmano, revolucionário mas não fundamentalista, luta por um mundo mais justo e menos fraturado.

Apaixona-se loucamente por uma portuguesa e resgata-a de uma vida pouco fértil de amor.

No entanto, este resgate torna-se num cativeiro que ninguém previra e num combate desigual pela guarda de uma criança.

A intriga, que decorre entre Lisboa e um país do Magrebe, é protagonizada por um amor entre crenças e tradições diferentes, para sempre afetado por um atentado terrorista.

Ficha Técnica

Título Original: Glória é raptada
Categoria: Novela nacional
Favoritos

Partilhar

Últimos Episódios

Recomendados

Populares